Dinamarca dá a volta à República Checa

República Checa 1-2 Dinamarca
No jogo inaugural da prova, a selecção da casa saiu para o intervalo em vantagem mas viu o adversário virar o resultado no segundo tempo.

Highlights: Serbia v Czech Republic
Highlights: Serbia v Czech Republic

Dinamarca dá a volta ao marcador e bate os anfitriões por 2-1 no jogo de abertura
Jannik Vestergaard dá vantagem aos checos a dez minutos do intervalo
Guarda-redes dinamarquês, Jakob Busk, evita o 2-0 em cima do final da primeira parte
Jannik Vestergaard empata à passagem do minuto 11 do segundo tempo; Pione Sisto sela o triunfo aos 84 miutos
Próximos jogos: Alemanha-Dinamarca, Sérvia-República Checa (20 de Junho)

A Dinamarca bateu a República Checa por 2-1 no jogo de abertura do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA. A selecção da casa dominou a primeira parte e saiu para o intervalo em vantagem, graças a um golo de Pavel Kadeřábek, mas os dinamarqueses reagiram no segundo tempo e deram a volta ao marcador com golos de Jannik Vestergaard e do suplente Pione Sisto.

A República Checa foi mais ameaçadora na primeira meia hora de jogo e chegou mesmo ao golo aos 35 minutos. O lateral-direito Kadeřábek recebeu a bola no seu flanco, já nas imediações da grande área dinamarquesa, flectiu para o centro e desferiu um remate forte e rasteiro, de pé esquerdo, sem hipóteses para o guarda-redes contrário. A Dinamarca tentou reagir, subiu no terreno, mas foi a selecção da casa que ficou muito perto do 2-0 à beira do intervalo, valendo aos dinamarqueses três excelentes intervenções praticamente consecutivas do guarda-redes Jakob Busk.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo também pertenceu à República Checa, com  Kliment a rematar ligeiramente ao lado. A partir daí, porém, a Dinamarca começou a instalar-se no meio campo checo e Jonas Knudsen, num remate ainda desviado por um adversário, quase fez o empate. Foi um aviso para o que iria acontecer instantes depois: Knudsen cruzou da esquerda e o central Vestergaard cabeceou para o 1-1.

Motivada pelo golo, a Dinamarca tomou por completo conta do jogo, sem contudo conseguir importunar verdadeiramente o guarda-redes checo, Tomáš Koubek, até ao minuto 82, quando Sisto, que havia entrado no decorrer da segunda parte, aproveitou um lance confuso na grande área checa na sequência de um pontapé de canto para fixar o resultado em 2-1.