Portugal apurado após festival de golos

Portugal 5-4 Holanda (total: 7-4)
Com a décima vitória em dez jogos na qualificação, Portugal confirmou o regresso à fase final pela primeira vez desde 2007.

Bernardo Silva (direita), em duelo com Nathan Aké, marcou o último golo de Portugal frente à Holanda
Bernardo Silva (direita), em duelo com Nathan Aké, marcou o último golo de Portugal frente à Holanda ©FPF

Com nova vitória sobre a Holanda, agora por 5-4, Portugal regressa à fase final de um Campeonato da Europa Sub-21 da UEFA pela primeira vez desde 2007.

Portugal entrava em vantagem para o jogo da segunda mão do "play-off", depois da vitória por 2-0 na Holanda, mas nem por isso a equipa de Rui Jorge abdicou do ataque no encontro de Paços de Ferreira.

Logo aos 14 minutos, Portugal chegou à vantagem, com um golo obtido por Rúben Vezo, que deu o melhor seguimento a um livre apontado por Tozé no lado esquerdo do ataque português. Mas a vantagem lusa durou apenas um minuto, isto porque, aos 15, Wout Weghorst, de cabeça, fez o empate para a Holanda.

Portugal volta a colocar-se na frente do marcador aos 20 minutos. Canto na esquerda apontado por Sérgio Oliveira e Rúben Neves estreia-se a marcar pela selecção de Sub-21. Nos últimos momentos da primeira parte, a Holanda chega à igualdade por Terence Kongolo, que correspondeu bem a um cruzamento da esquerda e fez o 2-2.

Mas bem se pode dizer que o empate se manteve apenas durante o intervalo, porque logo a abrir a segunda parte Ricardo Pereira, numa bela jogada individual finalizada com um remate rasteiro de pé esquerdo, colocou Portugal a vencer por 3-2.

Aos 55 minutos, Nathan Aké acertou na trave da baliza portuguesa, mas aos 67 conseguiu mesmo colocar a bola no fundo das redes, ditando nova igualdade. Só que aos 68 Ricardo bisou na partida e fez o 4-3.

Já nos últimos minutos do encontro, Bernardo Silva, numa arrancada para jogada individual, desde o meio-campo, elevou a contagem para 5-3. Só que na jogada seguinte, aos 89 minutos, Aké, de penalty, fez um pouco habitual 5-4, na partida que confirmou o apuramento de Portugal para a fase final da competição, que vai ter lugar na República Checa, em Junho de 2015.