Alemanha despede-se com triunfo

Rússia 1-2 Alemanha
Os golos de Patrick Herrmann e Sebastian Rudy permitiram a reviravolta da Alemanha frente à Rússia.

A Alemanha levou a melhor no duelo entre as duas selecções eliminadas no Grupo B e terminou a participação no Campeonato da Europa de Sub-21 com um triunfo sobre a Rússia.

Alan Dzagoev deu vantagem à Rússia aos 22 minutos, mas o jogo mudou radicalmente ainda antes do intervalo devido ao golo do empate de Patrick Herrmann e à expulsão de Georgi Schennikov. Sebastian Rudy consumou a reviravolta da Alemanha aos 69 minutos, na conversão de uma grande penalidade. Fedor Smolov esteve perto de dar o empate à equipa de Nikolai Pisarev, mas foi a Rússia que saiu do Europeu sem pontuar.

Os russos foram muito penalizados no capítulo disciplinar nesta prova. Depois da expulsão de Nikita Chicherin no sábado, desta vez foi Schennikov que viu um cartão vermelho a seis minutos do intervalo, por cometer uma falta sobre Tony Jantschke. Até esse momento, a Rússia tinha mostrado ser uma equipa inteligente e perigosa, especialmente através de Dzagoev, isto apesar de a Alemanha ter conseguido responder ao golo do jogador do PFC CSKA Moskva.

O primeiro tento surgiu quando a equipa de Rainer Adrion não conseguiu afastar o perigo e a bola sobrou para Dzagoev. Uma rápida tabela com Shota Bibilov permitiu ao jogador que fez a estreia pelos seniores em 2008, frente à Alemanha, marcar com um remate de pé esquerdo da entrada da área.

A Alemanha também esteve perto de marcar, com o combativo Kevin Volland a falhar o último desvio em duas ocasiões. O avançado esteve bem mais eficaz no passe e, aos 34 minutos, subiu pela esquerda e cruzou para Herrmann fazer o empate.

Inicialmente a expulsão não alterou a tendência do encontro, que estava a ser equilibrado. Herrmann rematou de primeira ao lado no início do segundo tempo e o suplente Sebastian Polter também esteve perto do golo, mas Aleksandr Flitsov esticou a perna direita e afastou o perigo.

Denis Cheryshev rematou por alto no outro extremo do campo, mas no minuto seguinte os alemães ganharam vantagem no marcador. Taras Burlak derrubou Herrmann na área e Rudy, que tinha entrado ao intervalo, não perdeu a oportunidade de converter o seu segundo penalty na fase final. Patrick Funk testou as qualidades de Flitsov, mas a Rússia nunca baixou os braços e Dzagoev ficou muito perto de fazer o segundo golo com um remate soberbo a dez minutos do final.

Fedor Smolov ainda acertou no poste com um forte disparo, mas não conseguiu evitar que a Rússia fosse a quinta equipa a terminar uma fase de grupos sem pontuar desde que a competição foi alargada a oito equipas.

Topo