O "site" oficial do futebol europeu

Introdução

Introdução
Relatório técnico

Introdução

A fase final do 12º Campeonato da Europa Sub-19 realizou-se, pela primeira vez, na Lituânia, a quem foi atribuída a organização do evento em Outubro de 2010 pelo Comité Executivo da UEFA.

Participaram oito selecções – à anfitriã Lituânia, juntaram-se a França, Geórgia, Holanda, Portugal, Espanha, Sérvia e Turquia. A fase de qualificação decorreu entre 26 de Setembro e 26 de Novembro de 2012, enquanto a ronda de elite foi disputada entre 22 de Maio e 11 de Junho de 2013. Quatro países - França, Portugal, Sérvia e Espanha – participaram na fase final em 2012, na Estónia, com a Espanha a conquistar o título pelo segundo ano consecutivo.

©Sportsfile

O Alytus Stadium

As partidas foram disputados em estádios bem equipados – o S Darius & S Girėnas Stadium, em Kaunas, e o Alytus Stadium, em Alytus, receberam cada um quatro jogos e as meias-finais, enquanto no Marijampolé Football Club Stadium, em Marijampole, foram jogadas quatro partidas e a final. Dois hotéis em Kaunas albergaram, cada um, quatro selecções, o que permitiu o contacto e a partilha entre jogadores de diferentes culturas. Os relvados de Alytus e de Marijampole distavam cerca de uma hora da sede da UEFA no torneio, em Kaunas.

Seis dos países concorrentes competiram em anteriores competições de Sub-19, enquanto a Geórgia e a anfitriã Lituânia fizeram a sua estreia em fases finais. A Espanha surgiu na fase final com um recorde impressionante, tendo erguido o troféu em seis ocasiões desde 2002, enquanto a França buscava o terceiro título pela terceira vez após triunfos em 2005 e 2010.

©Sportsfile

Os adeptos compareceram em força na fase final

Seis árbitros, oito árbitros assistentes e dois quarto árbitros lituanos foram escolhidos para dirigir os  jogos do campeonato – ganhando, assim, uma valiosa experiência para as suas carreiras. Como parte da função educativa da UEFA, foram promovidas sessões de esclarecimento sobre os riscos de consumo de substâncias dopantes e da viciação de resultados, alertando os jovens jogadores para os perigos que ameaçam as suas carreiras. Por toda a Europa, os entusiastas do futebol puderam acompanhar a acção através da cobertura televisiva abrangente da Eurosport.

A fase final foi muito bem organizada – a Federação de Futebol da Lituânia (LFF) e as comunidades locais receberam elogios das equipas pelo seu trabalho e hospitalidade. Os jogos da Lituânia atraíram boas assistências – 8.900 espectadores contra a Espanha, 8.075 diante Portugal e 7.436 contra a Holanda – com o volume total de assistência nos jogos a ultrapassar as 50 mil pessoas. Os 15 jogos do torneio tiveram nas bancadas 56.169 adeptos, o que deu uma média de 3,745 por jogo. A final em Marijampole entre a França e a Sérvia foi testemunhada por 6.211 adeptos enquanto as meias-finais entre a Espanha e a França e o Sérvia-Portugal registaram presenças de 4.436 e 3.280 pessoas, em Kaunas e Alytus, respectivamente.

https://pt.uefa.com/under19/season=2013/technical-report/index.html#introducao