Espanha derrota Portugal e conquista o troféu

Em 2017 a Espanha sucedeu a Portugal como campeã no EURO Sub-17 com a mesma geração a igualar o feito no EURO Sub-19 de 2019.

Ferran Torres marca para a Espanha na final
Ferran Torres marca para a Espanha na final ©Sportsfile

A Espanha conquistou o seu oitavo título no Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA desde 2001/02 em 2019, mas pela primeira vez conquistou o troféu com a mesma equipa que havia vencido o EURO de Sub-17 dois anos antes.

Portugal foi o primeiro país a conquistar essa "dobradinha" com a vitória nos Sub-19 em 2018, mas foi precisamente Portugal a sair derrotado na final em Yerevan, no ano seguinte. No total, 12 elementos da Espanha conquistaram o título de Sub-17 de 2017.

A Espanha esteve no arranque do torneio, diante dos anfitriões da Arménia, que acolheu todos os jogos na sua capital. A Arménia ainda empatou no início do segundo tempo mas no final a Espanha venceu por 4-1 diante de mais de 10.000 espectadores.

Portugal venceu a Itália por 3-0 numa desforra da final de 2018, antes de empatar 1-1 com a Espanha. A Itália derrotou a Arménia por 4-0 mas perdeu por 2-1 frente à Espanha, tendo sido eliminada, tal como os anfitriões. Portugal liderou o Grupo A devido à diferença de golos ao derrotar a Arménia por 4-0.

No Grupo B, a República da Irlanda empatou ao cair do pano contra a Noruega, enquanto a França venceu a República Checa por 3-0. A Noruega e os checos empataram a zero três dias depois, ao passo que a Irlanda sofreu uma derrota por 1-0 ante a França, que acabou por confirmar o primeiro lugar.

A segunda posição estava em aberto e com boas perspectivas para a Noruega, que tinha um ponto a mais do que Irlanda e República Checa. A Irlanda vencia a República Checa ao intervalo e a Noruega viu-se em desvantagem antes da hora de jogo. Mesmo depois de sofrer o golo do empate aos 79 minutos, a Irlanda permaneceu no segundo lugar de forma provisória e logo depois garantiu o apuramento com um golo decisivo de Barry Coffey.

No entanto, a caminhada da Irlanda terminou nas meias-finais, uma vez que Portugal venceu por claros 4-0, num jogo em que Gonçalo Ramos apontou um "hat-trick", incluindo golos no tempo de descontos em ambas as partes. Espanha e França terminaram sem golos, mas foi a Espanha que venceu por 4-3 no desempate por penalties.

Ferran Torres apontou o penalty da vitória e também foi o herói na final, com golos aos 34 e 51 minutos, numa final em que a Espanha destronou os seus vizinhos ibéricos.

Topo