O "site" oficial do futebol europeu

Jogadores da Sérvia saboreiam triunfo memorável

Publicado: Sexta-feira, 2 de Agosto de 2013, 3.51CET
O autor do golo da vitória, Andrija Luković, referiu que o "trabalho e a qualidade" da Sérvia fizeram a diferença, enquanto Aleksandar Mitrović teve dificuldades em traduzir por palavras o que sentia.
Jogadores da Sérvia saboreiam triunfo memorável
Andrija Lukovic festeja depois de apontar o golo que ofereceu à Sérvia o título europeu de Sub-19 ©Sportsfile
Publicado: Sexta-feira, 2 de Agosto de 2013, 3.51CET

Jogadores da Sérvia saboreiam triunfo memorável

O autor do golo da vitória, Andrija Luković, referiu que o "trabalho e a qualidade" da Sérvia fizeram a diferença, enquanto Aleksandar Mitrović teve dificuldades em traduzir por palavras o que sentia.

Andrija Luković, médio da Sérvia
Mostrámo-nos algo amedrontados nos primeiros 20 minutos, devido à atmosfera, mas a partir daí conseguimos encontrar o nosso ritmo habitual. Marcámos o golo na altura certa, defendemos bem e merecemos a vitória.

Quando marquei o golo, olhei para o relógio e vi que tínhamos mais de meia-hora para defender essa vantagem, frente a uma França que, sabíamos, conta com excelentes atacantes, mas conseguimos travá-los. Tentámos explorar as suas fraquezas e aproveitámos um erro de um defesa deles para nos sagrarmos campeões europeus. Iniciei o torneio com um golo neste estádio e terminei-o da mesma forma. Este é o melhor dia da minha vida.

Foi um torneio espectacular. Não perdemos nenhum jogo, tivemos apenas dois empates, frente à França e a Portugal. Agora vamos celebrar. Ainda não temos bem a noção daquilo que alcançámos e penso que só mesmo quando regressarmos à Sérvia teremos real noção daquilo que fizemos.

Aleksandar Mitrović, ponta-de-lança da Sérvia
Nem sei o que dizer. Alcançámos um êxito histórico para a Sérvia e espero que, no nosso país, todos estejam muito orgulhosos de nós e que estejam à nossa espera quando voltarmos para casa.

Sabia que as pessoas olhavam para mim como uma espécie de líder desta equipa, mas não deixei que isso pesasse sobre mim. Tentei sempre dar o meu melhor e isso é o mais importante. Marquei um golo e fiz duas assistências, o que não é mau, mas a minha preocupação foi sempre o jogo colectivo. O que importa é que consegui sempre cumprir aquilo que o treinador me pediu.

Entrámos para esta final com algum receio, mas aos poucos começámos a jogar melhor. Não tivemos pela frente um grupo fácil, mas estivemos bem em todos os jogos que aqui fizemos. Jogámos sempre no máximo das nossas capacidades e lutámos uns pelos outros. Foi esse o factor decisivo.

Nikola Antić, defesa da Sérvia
É indescritível o que estamos a sentir neste momento. Este é o maior feito do futebol sérvio nos últimos 20 anos. Estou muito feliz. Estamos de parabéns, porque fizemos um excelente jogo. Conhecíamos os pontos fortes e os pontos fracos da França, como eles nos conheciam a nós, mas talvez nós tenhamos mostrado mais vontade de vencer.

Tinha dito antes do torneio que o trabalho de equipa e o sentimento de coesão seriam o nosso principal ponto forte e mostrámos isso em campo. Este triunfo tem um grande significado para mim. É o ponto mais alto da minha carreira até ao momento e espero viver no futuro mais momentos como este. Vejo isto como mais um passo para conseguir concretizar o meu sonho de, um dia, jogar uma final da Champions League.

Última actualização: 05-09-13 1.30CET

Informação relacionada

Perfis das equipas
Jogo relacionado

http://pt.uefa.com/under19/news/newsid=1978711.html#jogadores+servia+saboreiam+triunfo+memoravel