Eli Ohana aposta no sucesso de Israel

Adversário de Portugal no Grupo A do Europeu de Sub-19, Eli Ohana acredita que Israel "tem uma boa oportunidade" de brilhar no ano de estreia na competição.

O seleccionador de Israel, Eli Ohana
©UEFA.com

Israel está pela primeira vez numa fase final do Campeonato da Europa Sub-19 e o seu treinador, o antigo atacante Eli Ohana, de 50 anos, acredita que a selecção estreante pode surpreender na Hungria.

UEFA.com: Como avalia os seus adversários no Grupo A?

Eliahu Ohana: Esperava ficar neste grupo e não no outro com a Alemanha e a Sérvia, contra quem sentimos sempre dificuldades. Conhecemos a Hungria - vencemo-la por 1-0 o ano passado. Vai ser muito mais complicado agora porque são os anfitriões mas podemos fazer-lhes frente. Portugal é favorito neste grupo pois neste escalão tem sempre boas equipas e, normalmente, chega às meias-finais. Não conheço bem a Áustria mas ao ter conseguido qualificar-se num grupo onde estava a Rússia, só pode ser uma boa equipa. Temos uma possibilidade, porque não sendo favoritos na Ronda de Elite terminámos com nove pontos, sem golos sofridos e com seis marcados.

UEFA.com: Quais são as mais-valias de Israel?

Ohana: Temos um futebol colectivo e somos fortes fisicamente. Estou há mais de um ano com esta equipa e a maioria dos nossos jogos foram equilibrados. Fomos competitivos do ponto de vista físico. Desde que o consigamos fazer - e vamos fazê-lo -  temos uma possibilidade.

UEFA.com: Como é que a equipa esteve no ano passado?

Ohana: Podemos jogar melhor mas fomos fortes, porque para nos apurarmos para a fase final vencemos cinco jogos e perdemos uma vez, acabando com um diferencial de golos de 18-3. Fizemos algumas coisas boas que nos deram muita confiança. Sei que não somos favoritos mas também não viemos cá para perder os jogos sem dar luta.

UEFA.com: O que espera conseguir na Hungria?

Ohana: A primeira coisa é o apuramento para o Campeonato do Mundo Sub-20, ser uma das seis selecções a ir à Nova Zelândia. Mas porque estivemos tão bem na fase de qualificação, ganhámos muita confiança pelo que podemos consegui-lo – porque não? Se vencermos a primeira partida, talvez façamos uma grande surpresa. No futebol, e na minha experiência, tudo pode acontecer.

UEFA.com: O que significou para Israel ter-se apurado pela primeira vez?

Ohana: Significou muito para o futebol israelita porque não temos assim tantas conquistas, pelo que de cada vez que temos um sucesso causa um enorme entusiasmo. É bom para dar experiência aos jogadores e se nos apurarmos para o Campeonato do Mundo será um impulso para eles e para o futebol em Israel.

Topo