O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Atenção concentrada nas meias-finais

O Grupo A termina esta segunda-feira e a pentacampeã Espanha tenta confirmar um lugar nas meias-finais, enquanto Portugal e Grécia defrontam-se para decidir o seu destino no torneio.

O treinador da selecção grega Sub-19, Kostas Tsanas, pediu à sua equipa para dar o máximo frente a Portugal
O treinador da selecção grega Sub-19, Kostas Tsanas, pediu à sua equipa para dar o máximo frente a Portugal ©Sportsfile

Com três das quatro selecções do Grupo A do Campeonato da Europa de Sub-19 ainda na luta pelo apuramento para as meias-finais, emoção e entusiasmo estão garantidos na última jornada, esta segunda-feira.

Portugal e Espanha lideram a classificação com quatro pontos cada e apuram-se os dois caso consigam, pelo menos, empatar frente à Grécia e à Estónia, respectivamente. No entanto, a um ponto, a Grécia também terá uma palavra a dizer e Kostas Tsanas, seleccionador do terceiro classificado, vai pedir aos seus pupilos para somarem a vitória que precisam frente a Portugal de modo a seguirem em frente.

"Sabemos que o nosso adversário tem uma grande equipa e pratica futebol de alto nível, mas vamos dar o nosso melhor neste jogo", disse Tsanas ao UEFA.com. A Grécia quase conseguiu um ponto na derrota por 2-1 com a Espanha, mas recuperou na passada sexta-feira ao vencer a Estónia por 4-1, mantendo por isso a esperança de participar nas meias-finais pela primeira vez desde 2007. "Vamos precisar de dar o máximo", insistiu Tsanas. "Temos de estar preparados para um jogo muito duro e para estarmos totalmente concentrados se quisermos seguir em frente."

Entretanto, o seleccionador de Portugal, Edgar Borges, sente que a sua equipa não ficou satisfeita depois de ter resgatado um empate 3-3 com a Espanha e garantiu que os seus jogadores vão tentar selar o apuramento com o mínimo de problemas.

"Vamos disputar este jogo como se fosse uma final; foi o que fizemos na vitória sobre a Estónia e no empate com a Espanha", disse. "Não pensamos apenas algo como 'conseguimos um empate frente à campeã europeia no último jogo'. Não, queremos mais. Queremos jogar com dignidade. Queremos dar espectáculo praticando bom futebol."

O espanhol Jesé Rodríguez apontou um "hat-trick" no empate da "roja" frente a Portugal, mas encontra-se castigado para o encontro frente à Estónia, enquanto o lateral Javi Manquillo, lesionado no tornozelo, também falha a partida. "Aqui não existem jogos fáceis, como todos sabemos, e vamos enfrentar a Estónia com toda a tensão que tem um jogo desta importância", explicou o seleccionador Julen Lopetegui. "Dito isto, vamos para esta partida com a esperança e a expectativa de conseguir o apuramento."