O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Vencedores do Grupo A querem mais

Apesar de terem visto Portugal e Espanha ganharem os respectivos jogos de abertura no Europeu de Sub-19, os seleccionadores Julen Lopetegui e Edgar Borges querem melhorias.

Julen Lopetegui incentiva os jogadores de Espanha no triunfo sobre a Grécia
Julen Lopetegui incentiva os jogadores de Espanha no triunfo sobre a Grécia ©Sportsfile

Portugal iniciou a participação no Grupo A com um triunfo folgado sobre a Estónia, mas o seleccionador Edgar Borges quer mais dos seus jogadores, enquanto Arno Pijpers considera que a Letónia vai aprender com a experiência. A Espanha começou a defesa do título com uma vitória tangencial sobre a Grécia e Julen Lopetegui reconheceu ao UEFA.com que ficou satisfeito com o desfecho, ao passo que o grego Kostas Tsanas explicou que o finalista de 2007 foi penalizado por não ter aproveitado as oportunidades criadas.

ESTÓNIA 0-3 PORTUGAL
Edgar Borges, seleccionador de Portugal
O que posso dizer? Estamos muito felizes com a vitória, mas não estou totalmente satisfeito com a exibição. Podemos fazer muito melhor. Estou um pouco decepcionado. Não jogámos ao nível que somos capazes e estou a falar de praticar um futebol bonito. Quero dar os parabéns ao seleccionador da Estónia, pois fez um bom trabalho, a equipa jogou bem e criou-nos dificuldades. Desejo boa sorte à equipa da casa e quero agradecer a excelente hospitalidade. Como já disse, todos os jogos vão ser finais e já estamos a pensar na próxima, frente a Espanha.

Arno Pijpers, seleccionador da Estónia
Parabéns a Portugal. Acho que conseguiram uma vitória inequívoca, pois têm uma excelente equipa. Sabíamos que seria um adversário complicado, mas a nervosismo que demonstrámos no início veio complicar ainda mais a nossa tarefa. Este é um problema relacionado com a nossa falta de experiência. Apesar de tudo, tenho de felicitar os meus jogadores, pois mantiveram o nosso plano e criaram algumas boas oportunidades na segunda parte.

GRÉCIA 1-2 ESPANHA
Julen Lopetegui, seleccionador de Espanha
Somámos três pontos importantes frente a um rival de alto nível, pelo que estamos satisfeitos. Já sabíamos que ia ser complicado. A Grécia chegou a este jogo após uma série de vitórias, em que marcou muitos golos e é uma equipa com vários jogadores que alinham na primeira divisão.
Kostas Tsanas, seleccionador da Grécia

Kostas Tsanas, seleccionador da Grécia
Jogámos muito mal na primeira parte e a Espanha aproveitou para marcar dois golos. Cometemos muitos erros não forçados. Apesar da má exibição, tivemos duas boas oportunidades para marcar antes do intervalo e não conseguimos aproveitar. Pressionámos muito o nosso adversário, tivemos situações de golo e podíamos ter empatado. Por aquilo que fizemos no segundo tempo, o empate teria sido um resultado mais justo.