O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal pronto para a final do Mundial de Sub-20

A selecção portuguesa chegou à final do Mundial de Sub-20 sem sofrer golos e vai ter pela frente o Brasil, 20 anos depois de ter batido os sul-americanos na final disputada em Lisboa.

Os portugueses comemoram o triunfo sobre a França nas meias-finais
Os portugueses comemoram o triunfo sobre a França nas meias-finais ©AFP

Portugal vai reencontrar o Brasil, este fim-de-semana, na final do Campeonato do Mundo de Sub-20, exactamente 20 anos depois de ter batido os sul-americanos na final disputada em Lisboa e pretende tornar-se no primeiro país europeu a conquistar por três vezes o troféu.

Portugal venceu pela primeira vez a prova em 1989, na Arábia Saudita, e renovou o título dois anos depois, ao bater o Brasil no desempate na final. A equipa que contava com Luís Figo, Rui Costa e companhia levou a melhor sobre o “escrete”, onde brilhava Roberto Carlos, frente a 127 mil adeptos, numa das maiores enchentes de sempre no antigo Estádio da Luz. O grande destaque na edição desta ano, que está a decorrer na Colômbia, tem sido a defesa de Portugal, que não sofreu qualquer golo nos ses jogos disputados. O teste final está marcado para as 02h00 (de Portugal Continental) de domingo, em Bogotá, já que os portugueses vão ter pela frente uma selecção do Brasil que já marcou 17 golos, com três sofridos.

A equipa de Ilídio Vale garantiu a qualificação para a fase final devido ao terceiro lugar conquistado no Campeonato da Europa de Sub-19, que foi disputado em 2010 em França. Portugal iniciou a participação na fase de grupos com um nulo frente ao Uruguai, conseguindo depois triunfos tangenciais sobre os Camarões e a Nova Zelândia. Seguiu-se nos oitavos-de-final mais um triunfo por 1-0, desta vez sobre a Guatemala, enquanto o embate com a Argentina nos quartos-de-final saldou-se por um nulo, com os portugueses a levarem a melhor num emotivo desempate. Portugal realizou a melhor exibição nas meias-finais, ao bater a França, detentora do título Europeu, por 2-0.

O maior destaque na equipa das quinas tem pertencido ao guarda-redes Mika, que esta época foi contratado pelo Benfica à União de Leiria, e para os defesas, mas Danilo e Nelson Oliveira, que marcaram os golos à França, também têm deixado boa impressão. "Não conheço nenhuma selecção que tenha chegado até uma final sem sofrer golos", destacou o treinador Ilídio Vale. "Na final vamos tentar repetir aquilo que temos feito até agora, praticar um futebol eficaz."

A França, que vai discutir o terceiro lugar com o México antes da final, foi surpreendida pela Colômbia no primeiro jogo, que perdeu por 4-1, mas depois reencontrou a forma que lhe valeu a conquista do título europeu em 2010. Os franceses bateram a Coreia do Sul, por 3-1, e o Mali, por 2-0, e garantiram a passagem aos oitavos-de-final, onde afastaram o Equador por 1-0. O emotivo embate com a Nigéria nos quartos-de-final resultou num triunfo por 3-2, após prolongamento. O Capitão Gueïda Fofana marcou um golo sensacional na meia-hora suplementar, que coroou a excelente participação no mundial, enquanto o suplente Alexandre Lacazette, que fez os outros dois golos, mostrou uma incrível capacidade para marcar depois de sair do banco.

A Espanha, que foi vice-campeã em França no ano passado, conquistou o título europeu de 2011 na Roménia, em Julho passado, mas a participação no Mundial da Colômbia terminou no desempate por grandes penalidades com o Brasil, depois de embate épico nos quartos-de-final. A Inglaterra tinha sido eliminada na ronda anterior, ao perder por 1-0 com a Nigéria, depois de ter ultrapassado a fase de grupos graças a três empates a zero. Croácia e Áustria não conseguiram atingir os oitavos-de-final. A Turquia vai receber a fase final do Mundial em 2013, com o Campeonato da Europa de Sub-19 de 2011/12, que vai decorrer na Estónia, a servir como apuramento.

Finais anteriores do Mundial de Sub-20

(Países representantes da UEFA em negrito)
Egipto 2009: Gana 0-0 (4-3 gp) Brasil
Canadá 2007: Argentina 2-1 República Checa
Holanda 2005: Argentina 2-1 Nigéria
Emirados Árabes Unidos 2003: Brasil 1-0 Espanha
Argentina 2001: Argentina 3-0 Gana
Nigéria 1999: Espanha 4-0 Japão
Malásia 1997: Argentina 2-1 Uruguai
Qatar 1995: Argentina 2-0 Brasil
Austrália 1993: Brasil 2-1 Gana
Portugal 1991: Portugal 0-0 (4-2 gp) Brasil
Arábia Saudita 1989: Portugal 2-0 Nigéria
Chile 1987: Jugoslávia 1-1 (5-4 gp) República Federal da Alemanha
União Soviética 1985: Brasil 1-0 Espanha (ap)
México 1983: Brasil 1-0 Argentina
Austrália 1981: República Federal da Alemanha 4-0 Qatar
Japão 1979: Argentina 3-1 União Soviética
Tunísia 1977: União Soviética 2-2 (9-8 gp) México