O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Espanha faz a festa em Linz

Espanha 1-0 Grécia
A selecção espanhola conquistou o Campeonato da Europa de Sub-19, tendo batido a Grécia com um golo solitário de Daniel Parejo.

A selecção espanhola conquistou o Campeonato da Europa de Sub-19, tendo batido na final a Grécia por 1-0. O único golo do encontro foi apontado ainda na primeira parte, por intermédio de Daniel Parejo.

Espanha entra bem
A Espanha entrou no desafio a todo o vapor e coleccionou alguns lances de perigo nos primeiros minutos do jogo disputado na cidade austríaca de Linz. A Grécia, na sua segunda final em todos os escalões - depois de a selecção principal ter vencido o UEFA EURO 2004™ -, não se atemorizou com o futebol espanhol e encetou igualmente algumas iniciativas dignas de registo.

Grécia equilibra
Assim, aos 18 minutos, os gregos estiveram muito perto de chegar à vantagem, na sequência de um disparo de Kostas Mitroglou. Contudo, o esférico saiu ligeiramente por cima naquela que foi a primeira grande oportunidade de golo. Apesar de ter entrado melhor na partida, a Espanha foi sentindo cada vez mais dificuldades em impor o seu jogo, numa fase em que a Grécia controlava as operações.

Parejo marca de livre
Aos 35 minutos, os gregos estiveram novamente perto de marcar, na sequência de mais uma transição rapidíssima. Sotiris Ninis isolou-se, mas o guarda-redes espanhol, Sergio Asenjo, saiu da melhor forma dos postes e cortou o lance com os pés, já fora da grande área. Contudo, contra a corrente de jogo, os espanhóis chegaram à vantagem aos 37’, através de um livre descaído sobre o lado esquerdo. Daniel Parejo aproveitou da melhor forma, e com um remate forte, ao primeiro poste, fez o 1-0. Aos 41 minutos foi a vez de Aarón Ñíguez tentar a sua sorte de longe, mas o remate do espanhol saiu ligeiramente ao lado. Já em período de descontos, Manolis Moniakis tentou de longe chegar à igualdade, mas o guardião espanhol sacudiu o perigo.

Grécia carrega
No segundo tempo a Grécia tentou naturalmente chegar ao empate e aos 58 minutos esteve bastante perto de o fazer, depois de uma assistência de Andreas Lampropoulos. Mitroglou não fez a emenda por muito pouco. No minuto seguinte foi a vez de Athanassios Papazoglou desperdiçar uma boa ocasião para visar a baliza espanhola, mas o remate do grego, ao segundo poste, falhou o alvo. Aos 64 minutos, Sergio voltou a negar o golo à Grécia, após um disparo de Giannis Papadopoulos, numa fase em que a turma helénica ameaçava seriamente a defesa espanhola.

Espanha segura vantagem
O conjunto orientado por Nikolaos Nioplias continuou a pressionar, na busca do golo do empate, mas a defesa espanhola ia anulando, com maior ou menor dificuldade, os intentos dos gregos. A três minutos do final, Sergio defendeu novo remate de Papadopoulos, num duelo em que o guarda-redes espanhol levou a sempre melhor. Os comandados de Juan Santisteban conseguiram segurar a importante vantagem até final (José Zamora poderia ter feito ainda o 2-0), tendo conquistado o Europeu, o seu quarto na categoria de Sub-19.