O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Vitória com sabor amargo

Portugal 2-0 Áustria
A equipa portuguesa bateu a anfitriã do Europeu de Sub-19, mas foi afastada da prova na fase de grupos, uma vez que Espanha e Grécia empataram a zero.

A selecção Sub-19 de Portugal venceu este sábado a sua congénere da Áustria, a anfitriã do Campeonato da Europa da categoria, por 2-0, mas acabou afastada da competição, terminando em terceiro lugar no Grupo A. Isto porque Espanha e Grécia empataram a zero, na outra partida da "poule".

Domínio total
O triunfo português é o desfecho mais lógico para este encontro, dominado por completo pelos comandados de Edgar Borges. A necessitar de um triunfo, de preferência dilatado, e que a Grécia batesse a Espanha, os portugueses conseguiram facturar por duas vezes, mas apenas na segunda parte, por Bura e Daniel Carriço, este último que já tinha marcado no empate 1-1 frente à Espanha.

Muitas oportunidades
Mesmo perante um ambiente adverso, pelo apoio que a equipa da casa tinha proveniente das bancadas, Portugal foi o primeiro conjunto a criar perigo, logo aos quatro minutos, após remate de Stélvio. Este foi como que o início de um domínio absoluto da turma lusitana durante praticamente os 90 minutos. João Gonçalves poderia ter aberto o activo pouco depois, mas o guardião contrário, Wolfgang Schober, opôs-se com qualidade. A avalanche atacante dos portugueses não abrandou e aos 36 minutos Orlando Sá e Candeias desperdiçaram um golo praticamente feito, com a bola teimosamente a não querer entrar.

Golos na segunda parte
Até ao intervalo assistiu-se a uma reacção dos da casa, mas o resultado não sofreria alterações. No segundo tempo, Portugal acabaria por concretizar o seu domínio. Aos 51 minutos, Bura concluiu facilmente uma jogada de André Monteiro e Orlando Sá, fazendo o 1-0. O 2-0 surgiu aos 70 minutos, agora pelo defesa Daniel Carriço, após acorrer a um centro de Candeias. Estava feito o resultado final, uma vez que, apesar da reacção da Áustria, não seria marcado mais nenhum golo.