O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sérvia demolidora

Rússia 2-6 Sérvia
Dušan Tadić foi preponderante para a goleada frente à Rússia no Grupo A, ao marcar dois dos seis golos da sua equipa.

Dušan Tadić deu o mote para o triunfo da Sérvia sobre a Rússia no Campeonato da Europa de Sub-19, tendo assinado dois golos e oferecido outro, com o seu país de novo na luta pelo apuramento.

Chuva de golos
A equipa de Zvonko Zivković estreou-se no Grupo A com uma derrota frente à França, mas dois golos nos primeiros 24 minutos, em Pasching, por Rodoljub Marjanović e Miloš Bosančić, foram o antídoto perfeito. Apesar de Vladimir Dyadyun ter reduzido ainda antes do intervalo, Tadić bisou no segundo tempo para assegurar os três pontos. Nenad Marinković também marcou por duas vezes e fechou a contagem nos dez minutos finais, após novo golo de Dyadyun. A Sérvia regressa a Pasching para defrontar a Alemanha no último jogo do grupo, ao passo que os russos jogam com a França em Steyr.

Entrada em grande
A Sérvia marcou por duas vezes nos primeiros 35 minutos da derrota de segunda-feira, por 5-2, contra a França, e voltou a entrar da melhor forma nesta partida, com Marjanović a rematar sem oposição, mas Sergei Borodin desviou por cima da trave. O canto foi cobrado à maneira curta e, quando Tadić efectuou o cruzamento, o guarda-redes russo saiu mal e Marjanović abriu o activo. Treze minutos volvidos e Borodin voltou a ser batido, com Bosančić a rematar rasteiro para dilatar a vantagem.

Tadić marca
Tadić e Miralem Sulejmani desperdiçaram boas ocasiões para aumentar a liderança, antes de um remate de Aleksandr Salugin obrigar o guarda-redes sérvio, Branislav Danilović, a uma primeira intervenção no encontro. A três minutos do intervalo, o guardião não teve hipóteses de travar Dyadyun (que tinha entrado para o lugar de Artem Pershin quatro minutos antes), que rematou para o golo, colocando o resultado em 2-1. Um tento de Tadić, logo aos dois minutos do segundo tempo, deitou por terra as esperanças russas numa reviravolta do marcador, passando por Borodin para recolocar a vantagem em dois golos, para delírio dos adeptos sérvios.

Vitória assegurada
A Rússia foi rápida a reagir e Danilović foi obrigado a uma intervenção de recurso com a perna direita, após Artem Dzyuba ter sido servido por Salugin, mas Tadić voltou a facturar passados 11 minutos, com um remate rasteiro. Apesar de uma ligeira reacção por parte dos russos, que reduziram de novo com um tento de Dyadyun, Marinković fechou a contagem para os sérvios, com dois golos nos últimos dez minutos, confirmando um triunfo que coloca a sua equipa na luta pelo apuramento.