O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Herzog animado com o Europeu

Andreas Herzog é o embaixador do Campeonato da Europa de Sub-19 e, apesar da sua enorme experiência como jogador, não esconde que está ansioso pelo pontapé de saída.

Andreas Herzog é o embaixador do Campeonato da Europa de Sub-19, que começa na segunda-feira, e apesar da sua enorme experiência como jogador, não esconde que está ansioso pelo pontapé de saída.

Papel activo
Herzog é o jogador mais internacional da história do futebol austríaco, com 103 jogos pela selecção entre 1988 e 2002, e é também um exemplo a seguir pelos jovens da equipa de Sub-19. Depois de participar no sorteio do mês passado, o antigo médio tem estado muito activo na promoção da fase final. Nas próximas duas semanas, Herzog estará presente nos jogos que vão decorrer em Linz, Steyr, Pasching e Ried.

Previsão
"Quero assistir a todos os jogos, pretendo ver todos os jogadores e naturalmente que não vou falhar os encontros da Áustria", explicou Herzog ao uefa.com. "Estou com muita vontade de ver as futuras estrelas, os jogadores que vão brilhar nos próximos anos no futebol europeu. Ao longo da minha carreira, nunca tive oportunidade de participar num campeonato como este. No primeiro jogo, o estádio vai estar esgotado para assistir ao embate entre a Espanha e a Áustria. Penso que vai haver muita gente em todos os jogos para assistir a partidas emocionantes e com desportivismo".

Optimismo
A Áustria tem um bom historial nesta competição, marcando presenças nas meias-finais em 2003 e 2006, o que leva Herzog a antecipar mais um bom resultado. "O sorteio não foi favorável, pois colocou Portugal, Grécia e Espanha no caminho da Áustria", explicou. "Mas jogamos em casa e estamos optimistas. Temos uma boa equipa e queremos mostrar que os jovens austríacos podem surpreender a este nível. No próximo ano, queremos voltar a surpreender no UEFA EURO 2008™, que vai ser organizado pela Áustria e pela Suíça. A selecção de Sub-19 já atingiu as meias-finais por duas vezes, o que prova que os treinadores dos escalões jovens estão a realizar um bom trabalho".