Portugal persegue sonho com goleada

Holanda 1-4 Portugal 
A selecção portuguesa venceu de forma categórica, num jogo em que dominou na primeira parte, sofreu na segunda e terminou em estilo.

Alexandre Guedes festeja após o primeiro golo de Portugal
©Sportsfile

Com golos de Alexandre Guedes (2), Leandro Silva e de Ricardo Horta, Portugal derrotou a Holanda e manteve viva a possibilidade de qualificação para as meias-finais. Num jogo em que dominou na primeira parte e sofreu na segunda, aos Sub-19 lusos mostraram muito coração e capacidade de sofrimento.

Foi um Portugal pressionante, a circular muito bem a bola no meio-campo holandês aquele que esteve em campo, surpreendendo o adversário, também, pela acutilância com que atacou. Tomás Podstawski (12 minutos) cabeceou sobre a barra, no que foi imitado pelo remate de Hélder Costa (17’) nos primeiros sinais fortes do que seguiria.

Com os laterais João Cancelo e Luís Rafael muito activos e eficientes no auxílio ao ataque, foi dos pés do segundo que saiu o cruzamento que Alexandre Guedes, de cabeça a desviar de  Mickey van der Hart, transformou no golo inaugural (32’). Paradoxalmente, o golo fez recuar a equipa portuguesa que passou a sofrer a pressão holandesa.

Rafael causou o derradeiro lance de perigo (45’). Transfigurada, a Holanda surgiu veloz na segunda parte e Rai Vloet acertou na barra (49’), respondendo Bernardo Silva com um disparo que saiu perto do poste (50’).

Varela esteve bem num remate de Yassine Ayoub (57’) e depois de Vloet (70’). Já na baliza contrária, Van der Hart cometeu um erro que Leandro Silva (73’) converteu, da meia-lua, no 2-0 para Portugal.  Na pior fase da equipa lusa, o erro do guarda-redes holandês ajudou a dar sossego ao conjunto de Emílio Peixe.

A Holanda sentiu o golo e Guedes (83’) cabeceou à entrada da pequena área para as mãos de Van der Hart, até que Ricardo Horta o imitou (87’), surgindo Guedes a fechar o marcador perto do fim. Já nos descontos, Vloet reduziu com um pontapé forte e colocado fora da área.

Topo