Feito único de Portugal na Finlândia

A mesma base de jogadores que havia levado Portugal ao título de campeão europeu de sub-17 em 2016 fez história ao conquistar também o título de campeão europeu de sub-19, dois anos depois, na Finlândia.

Portugal
©Sportsfile

Como se o estatuto de campeão europeu sénior de futebol não fosse já suficiente, Portugal fez história ao conquistar na Finlândia o Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA de 2018.

Pouco antes de triunfar no UEFA EURO 2016, Portugal tinha saboreado o gosto da vitória no Europeu de Sub-17 no Azerbaijão. E dez dos jogadores que estiveram nessa conquista estiveram também na Finlândia, onde Portugal se tornou no primeiro país a conquistar o título de campeão europeu masculino de sub-19 dois anos depois de conquistar, com a mesma geração de jogadores, o de sub-17.

U19 EURO highlights: Portugal win epic final
Veja como Portugal trinfou numa final épica

O facto de ter sido a geração de 1999 a lograr tal feito tem, talvez, um significado ainda mais especial, pois esse tinha sido o ano em que Portugal tinha pela última vez conquistado este troféu, então ainda categorizado como sub-18. Nessa ocasião tinha batido a Itália na final e foi também a "squadra azzurra" a vítima de Portugal nesta que foi apenas a segunda de 17 finais de Europeus de Sub-19 a ser decidida num prolongamento.

Os dois finalistas começaram por disputar o Grupo A e estrearam-se, ambos, com vitórias na jornada inaugural. Portugal bateu a Noruega por 3-1 e a Itália derrotou a anfitriã Finlândia por 1-0. Três dias depois ambos os jogos desse grupo A terminaram com o resultado de 3-2, com a Noruega a dar a volta ao marcador nos derradeiros minutos para vencer a Finlândia e a Itália a levar a melhor sobre Portugal num encontro em que os cinco golos foram apontados nos segundos 45 minutos.

Portugal, contudo, reagiu da melhor forma a esse desaire e na terceira e última jornada bateu confortavelmente a Finlândia por 3-0. Quanto à Itália, beneficiou de um golo tardio de Moise Kean, da Juventus, jogador que se tornou famoso por ter sido o primeiro nascido depois de 2000 a actuar na UEFA Champions League e numa das cinco principais Ligas europeias, para somar um empate 1-1 com a Noruega, igualdade que lhe valeu o primeiro lugar no grupo.

U19 EURO highlights: Ukraine 0-5 Portugal
Resumo da meia-final: Ucrânia 0-5 Portugal

E se nesse Grupo A foram apontados uns impressionantes 20 golos, no Grupo B foram marcados 21! A Inglaterra, detentora do troféu, viu-se a perder logo no segundo minuto do seu jogo de estreia na Finlândia, ante a Turquia, mas acabou por vencer por 3-2, numa primeira jornada em que a Ucrânia derrotou a França por 2-1 graças a um golo ao cair do pano assinado por Serhiy Buletsa. A Ucrânia empatou depois, na segunda jornada, 1-1 com a Inglaterra, enquanto a França se encontrou com a sua melhor forma ao golear a Turquia por 5-0.

E os gauleses repetiram essa goleada contra a Inglaterra na terceira jornada, garantindo dessa forma o passaporte para as meias-finais à frente dos ingleses mas atrás da Ucrânia, que nessa terceira jornada bateu a Turquia por 1-0. Três dias mais tarde a selecção inglesa perdeu também a possibilidade de defender o título mundial de sub-20 que havia erguido em 2017 ao ver-se derrotada por 3-0 pela Noruega no "play-off" de apuramento para o próximo Campeonato do Mundo de Sub-20 da FIFA. Os noruegueses, que não se apuravam para essa prova desde 1993, garantiram assim um lugar no torneio a disputar na Polónia, em 2019, ao lado dos semifinalistas Itália, Portugal, Ucrânia e França.

U19 EURO highlights: Italy 2-0 France
Resumo da meia-final: Itália 2-0 França

A Ucrânia tinha sido a única selecção a evitar uma goleada de 5-0 frente à França no Grupo B, mas foi por esse pesado resultado que acabou derrotada por Portugal na primeira das meias-finais. Na outra meia-final, a França não conseguiu dar seguimento à veia goleadora que tinha evidenciado nos seus dois anteriores encontros e foi batida por 2-0 pela Itália.

Ficou, assim, agendado para a final um reencontro entre Itália e Portugal. E o resultado foi a final de um Europeu de Sub-19 com mais golos desde 2006. Num grande espectáculo de futebol, João Filipe colocou Portugal na frente pouco antes do intervalo e Francisco Trincão ampliou a vantagem lusa a 18 minutos do apito final. Kean, porém, respondeu com um bis num curto espaço de tempo e levou a decisão do encontro para prolongamento.

João Filipe voltou a marcar, pouco antes do intervalo do prolongamento, Gianluca Scamacca ainda voltou a empatar para os italianos, mas Pedro Correia fez o 4-3 a 11 minutos do fim com um golo que permitiu a Portugal vencer aquela que foi uma das duas finais de torneios jovens masculinos da UEFA com mais golos de sempre, a par do triunfo da Holanda por 5-2 sobre a Alemanha na final de 2011 do EURO Sub-17.

Topo