O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Alemanha bate Polónia rumo à final

Alemanha 1-0 Polónia
A equipa de Stefan Böger apurou-se para a final graças a uma exibição impressionante frente à Polónia e a ao golo do capitão Leon Goretzka.

Leon Goretzka festeja o seu golo decisivo pela Alemanha
Leon Goretzka festeja o seu golo decisivo pela Alemanha ©Sportsfile

Uma Alemanha impressionante bateu a Polónia por 1-0 e garantiu a presença na sua terceira final do Campeonato da Europa Sub-17 nos últimos quatro anos.

A equipa de Stefan Böger ganhou todos os jogos na fase de grupos, com exibições cada vez melhores, e não parecia disposta a quebrar a tendência frente à Polónia. O cabeceamento de Leon Goretzka, após cruzamento de Marc Stendera, colocou os germânicos em vantagem aos 34 minutos, e a partir dai tudo correu tranquilamente.

Depois de um remate madrugador de Vincent Rabiega, a Polónia dispôs poucas ocasiões de golo, já que a Alemanha dominou a primeira parte. Goretzka assumiu o controlo das operações no meio-campo sem esforço, enquanto Stendera e o indiscutível Max Meyer combinaram na perfeição no apoio ao único avançado, Said Benkarit. Em contraste, Mariusz Stępiński tinha pouco apoio e, marcado pelo possante Niklas Süle, tinha dificuldades em encontrar espaço.

No entanto, revelou-se um período inicial frustrante para Benkarit, que ainda não marcou no torneio. O avançado teve duas boas oportunidades para o conseguir, primeiro acertando na barra, após aproveitar um erro de Gracjan Horoszkiewicz, depois falhando o duelo individual com o guarda-redes Oskar Pogorzelec, no seguimento de um passe a rasgar de Meyer.

Mas a seis minutos do intervalo, o capitão Goretzka apareceu ao primeiro poste e desviou de cabeça para o fundo da baliza, garantindo que a sua equipa não iria para o balneário a lamentar as ocasiões perdidas.

A Polónia iniciou a segunda parte de forma brilhante e apenas as intervenções do imperial Süle impediram o empate, depois de dois bons contra-ataques, com a Alemanha a revelar dificuldades iniciais para manter o ascendente. Apesar de, no global, parecer à vontade com o ataque polaco, a sorte favoreceu-a bastante aos 70 minutos, quando o remate em arco de Karol Linetty, na marcação de um livre, acertou na barra.

Mas no fim de contas, foi Pogorzelec quem impediu a Alemanha de ganhar de forma mais folgada, efectuando três defesas fantásticas nos derradeiros minutos, antes de a tarefa da Polónia ter ficado mais difícil, por culpa da expulsão de Igor Łasicki.