O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Instruções dos árbitros ajudam jogadores

No Campeonato da Europa de Sub-17, a decorrer na Alemanha, como em todas as provas da UEFA, uma conversa dos observadores dos árbitros com os jogadores antes do início da prova produziu já efeitos positivos.

Jaap Uilenberg, membro do Comité de Arbitragem da UEFA, conversa com a selecção inglesa em Jena
Jaap Uilenberg, membro do Comité de Arbitragem da UEFA, conversa com a selecção inglesa em Jena ©Sportsfile

A comunicação entre jogadores e árbitros é importante e, em todos os torneios da UEFA, esse facto é sublinhado numa prelecção dada pelos observadores dos árbitros, junto das equipas.

Exemplos
Estas conversas tiveram início no último ano, também no UEFA EURO 2008™, e prosseguiram, tendo igualmente ocorrido esta semana, no Campeonato da Europa de Sub-17, a decorrer na Alemanha. Jaap Uilenberg e Jozef Marko, membros do Comité de Arbitragem da UEFA, mostraram às oito selecções presentes na fase final da prova um DVD com imagens de lances em relação aos quais os árbitros foram aconselhados a admoestar ou expulsar os jogadores: faltas duras, uso dos cotovelos, agarrões, simulações, desentendimentos graves e confrontos entre vários jogadores. Foi, contudo, realçado que os árbitros foram encorajados a controlar o encontro através da força da sua presença e não pela exibição de cartões.

Pontos positivos
"A resposta por parte dos jogadores e treinadores tem sido muito positiva", referiu Uilenberg, antigo árbitro internacional holandês, ao uefa.com. "Por exemplo, durante o EURO [2008] praticamente não vimos confrontações entre grupos de jogadores, menos do que em qualquer outro torneio até então realizado. Os futebolistas estão, hoje, conscientes de que devem evitar cartões desnecessários".

Reacções positivas
Isto mesmo é ilustrado pela exibição de 13 diferentes vídeos de jogos das competições europeias, que apresentam exemplos de sete áreas que têm vindo a ser destacadas. "Estes vídeos são elucidativos", frisou Uilenberg. "Temos tido reacções positivas. Falei com vários treinadores durante o EURO e eles estavam muito satisfeitos. Claro que, por vezes, estas coisas acontecem, mas agora os jogadores sabem que mereceram o cartão amarelo quando o viram. É tudo muito mais claro".

Medida de sucesso
Não só é, agora, política da UEFA fazer com que os observadores dos árbitros conversem com todas as equipas presentes na fase final de um torneio, seja ele de que nível for, como também Uilenberg e os seus colegas defendem que o mesmo deve ser feito a nível das competições nacionais. "Utilizei o mesmo DVD numa conversa com as equipas antes do arranque da temporada na Holanda e outros países fizeram o mesmo", revelou. "Este DVD é extraordinário, com exemplos claros. Creio que se trata de uma medida de sucesso, que agora fazemos questão de aplicar em todos os torneios da UEFA".