O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Turquia campeã de Sub-17

Holanda 0-2 Turquia
Golos de Deniz Yilmaz e Tevfik Köse deram à Turquia a vitória na final do Campeonato da Europa de Sub-17.

Por Paul Saffer, no Estádio Ettore Mannucci

Dois golos em cinco minutos, marcados na segunda parte por Deniz Yilmaz e Tefvik Köse, deram à Turquia o título no Campeonato da Europa de Sub-17.

Final esperada
As duas equipas mais espectaculares da competição defrontaram-se na final e, depois de uma primeira parte apagada, a Turquia, orientada por Abdullah Avci, decidiu rapidamente o jogo a seu favor logo a seguir ao intervalo, impedindo depois a reacção da Holanda.

Marcellis de volta
A Turquia apresentou o mesmo onze que tinha batido, nos jogos anteriores, a Inglaterra, Bielorrússia e Croácia. A Holanda fez apenas uma alteração à equipa que tinha derrotado a Itália nas meias-finais, já que o capitão Dirk Marcellis voltou a ocupar o seu lugar na defesa, substituindo Mike van der Kooij depois de cumprir um jogo de suspensão.

Início animado
Os holandeses começaram bem a partida, fazendo um remate perigoso por intermédio de Diego Biseswar. Os turcos responderam e Denis Yilmaz obrigou Tim Krol a uma defesa difícil, ficando desde logo claro que o público iria assistir a um jogo de ataque. Como em todos os outros encontros do torneio disputado em Itália, as crianças das escolas locais encheram as bancadas e apoiaram de forma barulhenta as duas equipas.

Aos ferros
Krol foi o guarda-redes com mais trabalho, parando a seguir dois remates de Nuri Sahin e Köse, mas Martijn van der Laan também teve de fazer um corte vital aos pés de Deniz Yilmaz. Jeffrey Sarpong esteve muito perto de abrir o marcador para a Holanda, só que o seu remate em arco de fora da área acertou no poste direito. Um livre directo de Ruud Vormer foi desviado para fora e, na sequência do canto apontado por John Goossens, Marvin Emnes cabeceou à trave.

Babacan em grande
Nuri, o médio mais influente da selecção turca, teve um remate desviado por cima da baliza defendida por Krol, que depois defendeu um cabeceamento de Caner Erkin. Na outra área, Emnes cruzou para Goossens, mas Volkan Babacan roubou-lhe a bola, mergulhando aos pés do extremo holandês. O jogo, realizado ao fim da tarde na Toscânia, só acalmou um pouco a partir da meia-hora.

Yilmaz marca
A partida chegou equilibrada ao intervalo, embora os turcos parecessem, como sempre, muito perigosos. Aos cinco minutos da segunda parte, acabaram mesmo por chegar ao golo, numa jogada em que Nuri assistiu Deniz Yilmaz e este rematou colocado, levando a bola a passar entre o guarda-redes Krol e o poste.

Vantagem ampliada
A Holanda tinha conseguido várias reviravoltas na sua caminhada para a final do Europeu de Sub-17, mas sofreu o 2-0 logo a seguir. Krol fez uma defesa incompleta a um disparo de Özgürcan Özcan e, antes que a bola fosse afastada, Köse confirmou o estatuto de melhor marcador da prova, festejando o seu sexto golo nesta fase final.

Dupla substituição
A Turquia podia ter marcado o terceiro golo se Krol não tivesse salvo um remate de cabeça na sequência de um canto, mas os holandeses reagiram e lançaram-se no ataque, sobretudo depois das entradas de Jerson Anes Ribeiro e Niels Vorthoren.

Defesa soberba
Jordy Bluij subiu no terreno ao 68 minutos e obrigou Babacan a defender de forma soberba um remate fortíssimo. Nos últimos dez minutos, a Holanda fez mais uma substituição, lançando Melvin Zaalman, que tinha marcado um golo na meia-final com a Itália, no jogo em que regressou à competição depois de recuperar de um problema físico.

Sem hipóteses
Uma boa jogada de Vurnon Anita abriu espaço para Emnes, mas o seu remate à meia-volta foi defendido por Babacan. A seguir, o próprio Anita cabeceou para fora e assim acabaram as esperanças de reviravolta dos holandeses, que tinham marcado dois golos no período de descontos do seu jogo de estreia na prova, ante a Croácia. O título europeu de Sub-17 foi, merecidamente, para a Turquia.

Seleccionados para si