O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Edouard destaca esforço colectivo

Odsonne Edouard disse que o seu "hat-trick" se deveu "ao trabalho da equipa", enquanto Jean-Claude Giuntini disse ser o seu "melhor momento como treinador".

Jean-Claude Giuntini e Odsonne Edouard festejam a vitória da França sobre a Alemanha, por 4-1
Jean-Claude Giuntini e Odsonne Edouard festejam a vitória da França sobre a Alemanha, por 4-1 ©Sportsfile

França conquista o seu segundo título Sub-17, derrotando a Alemanha por 4-1 na final
Jean-Claude Giuntini diz que a vitória é "o meu melhor momento como treinador"
Odsonne Edouard, melhor marcador do torneio, factura três vezes na final em Burgas
Avançado atribui a distinção individual ao "trabalho de toda a equipa" 
Capitão Timothé Cognat: "Vu recordar esta noite para o resto da vida"

Jean-Claude Giuntini, seleccionador da França
Esta equipa quer alcançar resultados, mas isso não é o mais importante – o mais importante é praticar bom futebol e jogar bem. É crucial incutir confiança nos jogadores, já que precisam dela para jogarem, criarem ataques, tentarem coisas novas e controlarem as emoções.

Odsonne marcou oito golos neste torneio. Foi também muito importante na criação de jogadas de ataque, encontrando espaço entre linhas e ajudando na defesa e no meio-campo, ao mesmo tempo que se comportava como um avançado. É bastante importante para ele, a evolução que registou neste torneio, e com isso ele pode dar-se ao luxo de ter ambições elevadas. Este é o meu melhor momento como treinador. Trabalho com selecções há 12, 15 anos, em todos os escalões etários, e tem sido um verdadeiro prazer treinar este grupo e ver como os jogadores se desenvolveram.

Odsonne Edouard festeja o seu primeiro golo
Odsonne Edouard festeja o seu primeiro golo©Sportsfile

Odsonne Edouard, avançado da França
Neste momento a emoção é muita, é um grande prazer ser campeão europeu – é incrível. É uma grande satisfação ser o melhor marcador, mas mais ainda por termos ganho a competição. A distinção deve-se ao trabalho de toda a equipa. Jogámos muito bem frente a uma selecção alemã forte. Ficámos um pouco preocupados quando a Alemanha reduziu a desvantagem, mas quando chegámos ao terceiro golo, fiquei com a sensação de que tinha acabado. O primeiro golo frente à Itália [de calcanhar] foi o meu preferido dos oito que marquei.

Timothé Cognat, capitão da França
Estou muito orgulhoso do que alcançámos ao longo da competição. É extremamente satisfatório. Estávamos muito confiantes [à medida que o jogo se aproximava do intervalo, com o resultado a zero], pois o ritmo da equipa era bom. Jogámos da melhor forma que sabíamos e mostrámos boa forma para marcar quatro golos. Odsonne foi fantástico. Envolveu-se no jogo o tempo todo e deixou a sua marca ao apontar três golos. Vou recordar esta noite para o resto da vida. É uma grande competição e estou muito orgulhoso da vitória.