O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Owen vê potencial na UEFA Youth League

Michael Owen despontou como goleador no Liverpool e na selecção de Inglaterra e conta ao UEFA.com por que apoia a edição inaugural da UEFA Youth League, cujo início acontece na terça-feira.

Owen vê potencial na UEFA Youth League
Owen vê potencial na UEFA Youth League ©UEFA.com

O antigo avançado de Liverpool FC e Real Madrid CF, Michael Owen, falou ao UEFA.com sobre as recompensas para os jovens jogadores que esta época participem na UEFA Youth League.

"É uma grande oportunidade para testarem as suas qualidades frente a alguns dos melhores clubes e jogadores na Europa", disse Owen a propósito da edição inaugural da competição de clubes Sub-19, que vai decorrer em paralelo com a UEFA Champions League. "Existem diferenças entre países diferentes – os estilos de jogo. Todas estas experiências vão transformá-los em melhores jogadores a longo-prazo. É um excelente conceito."

"Eu teria ficado muito entusiasmado por participar em algo como isto. Sem dúvida que defrontar os melhores jogadores melhora a nossa própria forma de jogar e confere experiência para quando se chega a profissional. Certamente vai ajudar a encurtar a diferença entre a equipa Sub-19 e a principal."

Após facturar 118 golos na Premier League ao serviço do Liverpool e ter representado clubes de renome como Real e Manchester United FC, Owen está bem colocado para aconselhar as estrelas do futuro. "Penso que é importante trabalharem os vossos pontos fracos, mas não negligenciem as coisas que vos tornam diferentes e fazem sobressair perante os outros", disse Owen, que ajudou o Liverpool a ganhar a primeira Taça Jovem da Federação inglesa e autor de 40 golos em 89 internacionalizações pela Inglaterra, após revelar-se no Campeonato do Mundo de 1998.

"No meu caso, eu estava em campo para marcar golos, fazer assistências ou quaisquer outras coisas que tivessem um propósito ofensivo. Por isso julgo ser importante que, assim que tiverem feito o vosso trabalho enquanto colectivo, concentrem-se na vossa função particular. Eu pratiquei bastante a finalização, corrida, exercícios de velocidade, entre outras coisas, que aperfeiçoaram os meus pontos fortes."

Para ouvir mais declarações de Owen, clique no vídeo acima.