Factos da SuperTaça Europeia: Real Madrid - Atlético

O Real Madrid vai tentar tornar-se na primeira equipa a vencer a SuperTaça Europeia da UEFA três vezes seguidas contra o vizinho Atlético, que nunca perdeu na competição, no primeiro embate de sempre da prova entre equipas da mesma cidade.

©UEFA

A SUperTaça Europeia da UEFA vai ter um pouco comum sabor a "derby local" em 2018, com o campeão europeu Real Madrid a defrontar o rival Atlético Madrid em Tallinn, naquele que será o primeiro embate de sempre entre equipas da mesma cidade na história da competição.

• O Real Madrid tornou-se no primeiro clube a conquistar por três vezes consecutivas a UEFA Champions League ao erguer o troféu em 2017/18 e no primeiro clube de sempre a sagrar-se em duas ocasiões três vezes seguidas campeão europeu de clubes. Vai agora tentar fazer mais história ao procurar tornar-se no primeiro clube a vencer também três vezes seguidas a SuperTaça Europeia da UEFA. Um triunfo na capital da Estónia permitirá ainda aos "merengues" igualarem o recorde de cinco vitórias na competição, actualmente partilhado por Milan e Barcelona.

• O Atlético, contudo, nunca perdeu nesta competição, tendo vencido nas duas anteriores ocasiões em que nela participou: 2010 e 2012.

• Independentemente de quem ganhar em Tallinn, esta será a quinta SuperTaça Europeia da UEFA a seguir para solo espanhol, para onde seguiram ao todo oito das últimas nove. Desde 2007, quando o Sevilha se viu derrotado pelo AC Milan, que uma equipa espanhoa não perde uma SuperTaça Europeia da UEFA para uma equipa de outro país.

• No total, será o 15 triunfo espanhol na prova; as equipas italianas são quem mais se aproxima, com nove triunfos, seguidas das inglesas, com sete.

• Esta é a sétima SuperTaça Europeia da UEFA disputada entre dois clubes do mesmo país, a quinta entre equipas espanholas; efectivamente, este será mesmo o quarto embate entre duas equipas espanholas dos últimos cinco anos.

Anteriores presenças de Real Madrid e Atlético na SuperTaça Europeia
Anteriores presenças de Real Madrid e Atlético na SuperTaça Europeia

Registo na SuperTaça Europeia da UEFA

Real Madrid
• Esta é a sétima presença do Real Madrid na SuperTaça Europeia (4V 2D); perdeu as duas primeiras que disputou, mas venceu as últimas quatro que jogou.

• Os resultados registados foram os seguintes:
1998: Chelsea 1-0 Real Madrid (Poyet 83)
2000: Real Madrid 1-2aet Galatasaray (Raúl 79; Jardel 41pen 102)
2002: Real Madrid 3-1 Feyenoord (Paauwe ag 15, Roberto Carlos 21, Guti 60; Van Hooijdonk 56)
2014: Real Madrid 2-0 Sevilha (Ronaldo 30 49)
2016: Real Madrid 3-2 (após prolongamento) Sevilha (Asensio 21, Ramos 90+3, Carvajal 119; Vázquez 41, Konoplyanka 72p)
2017: Real Madrid 2-1 Manchester United (Casemiro 24, Isco 52; Lukaku 62)

• Em 2017, o Real Madrid tornou-se no primeiro clube a vencer a competição dois anos seguidos desde que o AC Milan havia logrado tal feito em 1989 e 1990. Este ano pode tornar-se no primeiro clube da história a erguer o troféu três vezes seguidas.

• O Real Madrid já conquistou quatro SuperTaças Europeias da UEFA; apenas only Milan e Barcelona, com cinco cada, conquistaram mais.

Recorde o triunfo do Atlético na SuperTaça Europeia de 2010
Recorde o triunfo do Atlético na SuperTaça Europeia de 2010

Atlético
• Esta é a terceira presença do Atlético em SuperTaças Europeias da UEFA; todas essas presenças ocorreram nos últimos nove anos.

• O Atlético levou a melhor nas suas duas anteriores participações na competição, ambas disputadas no Mónaco:
2010: Internazionale 0-2 Atlético (Reyes 62, Agüero 83)
2012: Chelsea 1-4 Atlético (Cahill 75; Falcao 6 19 45, Miranda 60)

• O Atlético pode tornar-se no primeiro clube de sempre a somar três vitórias em três presenças na competição; actualmente segue a par de Anderlecht, Juventus e Valência com duas vitórias em duas presenças.

Encontros anteriores
Este vai ser o décimo jogo entre as duas equipas nas competições europeias, tendo os anteriores nove dito, todos eles, respeito à Taça dos Campeões/UEFA Champins League – incluindo as finais de 2014 e 2016, ambas conquistadas pelo Real Madrid. Os "merengues" levaram a melhor em todas as finais ou eliminatórias disputadas entre as duas equipas até à data.

• O embate mais recente verificou-se nas meias-finais da UEFA Champions League de 2016/17, com o Real Madrid a triunfar com um total de 4-2 no conjunto das duas mãos.

• Um "hat-trick" de Cristiano Ronaldo deixou o Real Madrid bem na frente da eliminatória no jogo da primeira mão; o português marcou aos dez, aos 73 e aos 86 minutos.

• Nesse encontro, jogado no Estadio Santiago Bernabéu a 2 de Maio de 2017, as equipas alinharam da seguinte forma:
Real Madrid: Navas, Carvajal (Nacho 46), Ramos, Varane, Marcelo, Casemiro, Modrić, Kroos, Isco (Asensio 68), Benzema (Vázquez 77), Ronaldo.
Atlético: Oblak, Lucas, Savić, Godín, Filipe Luís, Koke, Gabi, Saúl (Gaitán 58), Carrasco (Correa 68), Griezmann, Gameiro (Torres 57).

• O Atlético parecia caminhar para uma notável reviravolta na eliminatória quando Saúl Ñíguez (12) e Antoine Griezmann (16pen) colocaram os "colchoneros" a apenas um golo de igualarem os acontecimentos na segunda mão, mas um golo de Isco perto do intervalo acabou por deitar por terra as suas esperanças.

Resumo: o último embate entre Atlético e Real Madrid na Europa
Resumo: o último embate entre Atlético e Real Madrid na Europa

• Nesse jogo da segunda mão, a 10 de Maio de 2017, naquele que foi o derradeiro jogo europeu no antigo estádio do Atlético, o Vicente Calderón, as equipas alinharam da seguinte forma:
Atlético: Oblak, Giménez (Partey 56), Savić, Godín, Filipe Luís, Koke (Correa 76), Gabi, Saúl, Carrasco, Griezmann, Torres (Gameiro 56).
Real Madrid: Navas, Danilo, Ramos, Varane, Marcelo, Casemiro (Vázquez 77), Modrić, Kroos, Isco (Morata 88), Benzema (Asensio 76), Ronaldo.

• O primeiro frente-a-frente internacional entre as duas equipas teve lugar nas meias-finais da Taça dos Campeões Europeus de 1958/59. O Real Madrid venceu a primeira mão, em casa, por 2-1, mas o Atlético superiorizou-se, depois, no jogo da segunda mão graças a um golo solitário de Enrique Collar, à passagem do minuto 43.

• Tal resultado ditou a realização de um jogo de desempate, em campo neutro, seis dias depois. Em Saragoça, Alfredo Di Stéfano cedo deu vantagem ao Real, mas Collar não tardou a empatar para o Atlético. Puskás desferiu o golpe decisivo três minutos antes do intervalo, colocando o Real na sua quarta final consecutiva.

Foi, depois, preciso esperar 55 anos para que as duas equipas se voltassem a defrontar nas provas europeias de clubes. O reencontro teve lugar em Lisboa, na final de 2014 da UEFA Champions League - a primeira final entre clubes da mesma cidade na história da Taça dos Campeões Europeus. Diego Godín, de cabeça, aos 36 minutos, deu vantagem ao então recém-coroado campeão espanhol Atlético, que parecia prestes a sagrar-se campeão da Europa pela primeira até que Sergio Ramos restabeleceu a igualdade no terceiro minuto do período de descontos. No prolongamento, o Real, na altura orientado por Carlo Ancelotti, foi mais forte e marcou por intermédio de Gareth Bale (110), Marcelo (118) e Ronaldo, de penalty (120).

• Nessa final, jogada no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, as equipas alinharam da seguinte forma:
Real Madrid: Casillas, Carvajal, Varane, Ramos, Fábio Coentrão (Marcelo 59), Khedira (Isco 59), Modrić, Di María, Bale, Benzema (Morata 79), Ronaldo.
Atlético: Courtois, Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís (Alderweireld 83), Tiago, Koke, Gabi, Raúl García (Sosa 66), Villa, Diego Costa (Adrián López 9).

• Os "merengues" também se superiorizaram nos quartos-de-final de 2014/15, com Javier Hernández a marcar de cabeça o único golo da eliminatória, já perto do final do jogo da segunda mão, no Santiago Bernabéu.

Recorde como o Real Madrid conquistou a UEFA Champions League em 2016
Recorde como o Real Madrid conquistou a UEFA Champions League em 2016

• Real Madrid e Atlético voltaram a encontrar-se na final da #UCL em 2015/16. Sergio Ramos abriu o activo aos 15 minutos em Milão, mas Yannick Carrasco saltou do banco para restabelecer a igualdade a 11 minutos do fim já depois de Griezmann ter falhado um penalty. A decisão acabou depois por seguir para o desempate por penalties, com Ronaldo a converter o penalty que confirmou a conquista do 11º título de campão europeu de clubes para o Real.

• Em San Siro, a 28 de Maio de 2016, as equipas alinharam da seguinte forma:
Real Madrid: Navas, Carvajal (Danilo 52), Ramos, Pepe, Marcelo, Casemiro, Kroos (Isco 72), Modrić, Bale, Benzema (Vázquez 77), Ronaldo.
Atlético: Oblak, Juanfran, Godín, Savić, Filipe Luís (Lucas Hernández 109), Gabi, Augusto Fernández (Carrasco 46), Koke (Partey 116), Saúl, Griezmann, Torres.

• Em jogos oficiais a nível interno, os dois gigantes de Madrid já se defrontaram por 206 vezes, com 103 vitórias do Real, 51 do Atlético e 52 empates. Porém, o Atlético perdeu apenas um dos últimos 12, tendo vencido cinco. Os dois embates de 2017/18 terminaram empatados: 0-0 em casa do Atlético, 1-1 no Bernabéu.

Retrospectiva

Veja a vitória do Real Madrid na UEFA Champions League 2017
Veja a vitória do Real Madrid na UEFA Champions League 2017

Real Madrid
• O Real Madrid garantiu um lugar nesta SuperTaça Europeia depois de conquistar pela terceira vez a UEFA Champios League, desta feita com um triunfo por 3-1 sobre o Liverpool na final, jogada em Kiev. Karim Benzema marcou um dos golos da turma madrilena e Gareth Bale assinou os outros dois.

• O registou dos "merengues" nas provas europeias na temporada passada foi de 10V 2E 2D 35GM 17GS.

• O Real Madrid marcou pelo menos um golo nos últimos 30 jogos que disputou nas provas da UEFA.

• O registo do Real Madrid em 22 jogos das provas europeias de clubes contra formações espanholas é de 12V 6E 4D 45GM 21GS. A derrota na segunda mão dos quartos-de-final frente ao Atlético em 2017 colocou fim a uma série de invencibilidade de oito jogos - e seis anos - ante equipas do seu país nas competições da UEFA.

• O registo do Real Madrid em desempates por penalties em provas de clubes da UEFA é de 2V 2D:
5-3 frente ao Club Atlético de Madrid, final da UEFA Champions League de 2015/16
1-3 frente ao FC Bayern München, meias-finais da UEFA Champions League de 2011/12
3-1 frente ao Juventus, segunda eliminatória da Taça dos Campeões Europeus de 1986/87
5-6 frente ao FK Crvena zvezda, quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1974/75

Recorde o triunfo do Atlético na UEFA Europa League da época passada
Recorde o triunfo do Atlético na UEFA Europa League da época passada

Atlético Madrid
• O Atlético conquistou a UEFA Europa League pela terceira vez em 2017/18, ao derrotar o Marselha por 3-0 na final, jogada em Lyon; Griezmann bisou na partida e o capitão Gabi fechou a contagem.

• A turma de Diego Simeone chegou à UEFA Europa League na temporada passada depois de ter terminado no terceiro lugar do seu grupo na fase de grupos da UEFA Champions League – foi a primeira vez desde 2013/14 que a turma "colchonera" não atingiu pelo menos os quartos-de-final da UEFA Champions League. Todas essas anteriores quatro campanhas tinham terminado com derrotas às mãos do Real Madrid.

• O registo europeu do Atlético em 2017/18 foi de 8V 5E 2D 25GM 8GS.

• Griezmann apontou cinco dos últimos oito golos do Atlético nas provas europeias.

• O registo do Atlético em desempates por penalties em provas da UEFA é de 2V 4D:
6-7 frente ao Derby, segunda eliminatória da Taça UEFA de 1974/75
1-3 frente ao Fiorentina, primeira eliminatória da Taça UEFA de 1989/90
1-3 frente ao Villarreal, final da Taça Intertoto da UEFA de 2004
3-2 frente ao Leverkusen, 2014/15 UEFA Champions League round of 16
8-7 frente ao PSV Eindhoven, oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2015/16
3-5 frente ao Real Madrid, final da UEFA Champions League de 2015/16

Resumo: anteriores embates entre Real e Atlético
Resumo: anteriores embates entre Real e Atlético

Ligações entre treinadores e jogadores
• Novo treinador do Real Madrid, Julen Lopetegui foi guarda-redes do dos "merengues" entre 1985 e 1991, mas apenas por uma vez ao serviço do Real defrontou o Atlético, numa visita ao terreno do rival que terminou com um empate 3-3 na temporada de 1989/90.

• Essa foi uma das 14 ocasiões em que Lopetegui defrontou o Atlético como jogador. O registo total foi de 5V 4E 5D.

• Lopetegui era o treinador do Real Madrid Castilla em 2008/09, época em que empatou os dois encontros contra o Atlético Madrid B. Defrontou um adversário espanhol enquanto treinador do FC Porto, em 2014/15, tendo vencido os dois encontros contra o Athletic Club na fase de grupos da UEFA Champions League.

• O registo de Simeone contra o Real Madrid no conjunto de todas as competições enquanto jogador ao serviço de Sevilha, Atlético e Lázio foi de 1V 2E 8D. Marcou um golo, numa derrota por 4-2 do Atlético a 5 de Novembro de 1994.

• O argentino soma um registo bem mais positiov ante o Real enquanto treinador, tendo perdido apenas dois dos últimos 16 jogos entre as duas equipas - contando a derrota nos penalties na final de 2016 da UEFA Champions League como um empate. Ao todo, o seu registo contra o rival madrileno é de 8V 9E 8D.

• Juanfran é produto da academia de formação do Real Madrid, tendo disputado seis jogos pela equipa principal do clube entre as temporadas de 2003/04 e 2004/05.

• Isco, Nacho, Dani Carvajal e Koke integraram a selecção de Espanha que conquistou o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2013.

• Marco Asensio, Dani Ceballos e Saúl Ñíguez fizeram, todos eles, parte da selecção espanhola que atingiu a final do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2017.

• Colegas das selecções:
Marcelo, Casemiro & Filipe Luís (Brasil);
Raphaël Varane & Antoine Griezmann, Lucas Hernández (França);
Nacho, Isco, Dani Carvajal, Sergio Ramos, Marco Asensio, Lucas Vázquez & Diego Costa, Juanfran, Saúl Ñíguez, Koke (Espanha);
Luka Modrić, Mateo Kovačić & Šime Vrsaljko (Croácia);
Marco Asensio & Saúl Ñíguez (Espanha Sub-21)

• Griezmann apontou úm total de quatro golo nos seus últimos oito jogos contra o Real Madrid, um deles no embate mais recente entre as duas equipas, no Bernabéu, em Abril, num encontro que terminou com um empate a um golo.

• Sergio Ramos foi expulso duas vezes em jogos contra o Atlético – num empate 1-1 para a Liga espanhola a 1 de Outubro de 2006 e numa vitória por 3-2 também para a Liga espanhola em Novembro de 2009.

Topo