Chelsea e Atlético discutem SuperTaça

O Atlético de Madrid vai aproveitar o encontro com o Chelsea para tentar conquistar a SuperTaça Europeia pela segunda vez em três anos, enquanto os londrinos querem reviver a vitória de 1998.

O Chelsea derrotou o Atlético por 4-0, em Stamford Bridge, em Outubro de 2009
O Chelsea derrotou o Atlético por 4-0, em Stamford Bridge, em Outubro de 2009 ©Getty Images

O Club Atlético de Madrid, detentor da UEFA Europa League, vai aproveitar o encontro com o Chelsea FC, actual campeão europeu, para tentar conquistar a SuperTaça Europeia pela segunda vez em três anos, no Stade Louis II, no Mónaco.

• O Atlético, que venceu o FC Internazionale Milano por 2-0 em 2010, quer juntar-se a Juventus, RSC Anderlecht e Valencia CF no lote de clubes que conquistaram por duas vezes o troféu. O Chelsea, detentor da UEFA Champions League e que conta com o antigo capitão do Atlético, Fernando Torres, nas suas fileiras, ambiciona vencer pela primeira vez o troféu. A única participação dos londrinos na prova resultou numa vitória por 1-0 frente a um outro clube espanhol, o Real Madrid CF, em 1998, na primeira edição disputada apenas num jogo no Mónaco.

• O Chelsea garantiu a presença no Stade Louis II ao ganhar pela primeira vez a UEFA Champions League, com a equipa de Roberto Di Matteo a levar a melhor sobre o FC Bayern München no desempate por penalties da final disputada em Munique. Didier Drogba fez o empate a um golo a dois minutos do final, abrindo caminho para o triunfo por 4-3 nos penalties, e para o Chelsea se tornar no primeiro clube de Londres a conquistar o título europeu.

• Diego Simeone conduziu o Atlético ao triunfo na final da UEFA Europa League, ao bater os compatriotas do Athletic Club, por 3-0, em Bucareste. Falcao abriu caminho para a vitória com dois excelentes golos na primeira parte, com Diego a apontar o terceiro a cinco minutos do fim.

Encontros anteriores
• O único embate entre os dois clubes aconteceu na fase de grupos da UEFA Champions de 2009/10, quando o Chelsea somou quatro pontos frente aos espanhóis e garantiu o primeiro lugar do Grupo D. O Atlético terminou no terceiro lugar e foi relegado para a edição inaugural da UEFA Europa League, que acabou por vencer.

• O Chelsea, de Carlo Ancelotti, venceu por 4-0 o primeiro encontro em Stamford Bridge, com Salomon Kalou a bisar (41, 52) antes de Frank Lampard (69) aumentar a vantagem e Luis Perea (90 +1) fazer um autogolo ao desviar um livre de Florent Malouda. Esta derrota motivou a saída de Abel Resino do comando do Atlético.

• As equipas alinharam da seguinte forma a 21 de Outubro de 2009:
Chelsea: Čech, Belletti, Ivanović, Terry, A Cole (Malouda 75), Ballack, Essien, Lampard, Kalou (Zhirkov 73), Deco, Anelka (Sturridge 78).
Atlético: Asenjo, Ujfaluši, Perea, Domínguez, López, Cléber (Rodríguez 65), Raúl García, Paulo Assunção (Jurado 54), Forlán, Simão (Reyes 77), Agüero.

• Já com Quique Sánchez Flores como treinador, os "colchoneros" conseguiram um empate a dois golos em Madrid, mas o resultado terminou com o sonho de continuar em prova e confirmou o apuramento do Chelsea. Sergio Agüero saiu do banco para colocar o Atlético em vantagem aos 66 minutos e voltou a marcar no primeiro minuto de compensação para dar um ponto à equipa da casa, pois Drogba tinha entretanto bisado (82, 88).

• As equipas que jogaram no Estádio Vicente Calderón a 3 de Novembro de 2009 foram as seguintes:
Atlético: Asenjo, Perea, Pablo Ibáñez, Juanito, López, Reyes (Rodríguez 73), Cléber, Paulo Assunção, Simão (Jurado 83), Sinama Pongolle (Agüero 53), Forlán.
Chelsea: Čech, Belletti, Alex, Terry, A Cole, Essien (Ballack 59), Lampard, Malouda, J Cole (Deco 70), Drogba, Kalou (Anelka 70).

• O guarda-redes Sergio Asenjo é o único jogador que participou nestes jogos e que continua na equipa do Atlético. Lampard, Malouda, Petr Čech, Branislav Ivanović, Ashley Cole, John Terry, Michael Essien e Daniel Sturridge continuam ao serviço do Chelsea.

Retrospectiva do encontro
• O Chelsea não sofreu qualquer derrota nos últimos 13 jogos oficiais que disputou, em casa e fora, frente a emblemas espanhóis. O último desaire foi infligido pelo FC Barcelona, nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2005/06, uma derrota por 2-1 em Stamford Bridge.

• Os ingleses eliminaram o Barcelona nas meias-finais da época passada. Drogba permitiu o triunfo por 1-0 em Londres, antes de um épico empate a dois golos em Camp Nou. O Chelsea defrontou o Valência na fase de grupos, triunfando por 3-0 em casa depois de um empate a um golo em Espanha.

• O Chelsea já defrontou 31 vezes equipas espanholas, totalizando 14 vitórias, 11 empates e seis derrotas, incluindo o desaire com o Real Madrid na SuperTaça Europeia de 1998.

• O Atlético garantiu a presença na SuperTaça Europeia de 2010 ao bater um adversário inglês na final da primeira edição da UEFA Europa League. Diego Forlán marcou dois golos ao Fulham FC no triunfo por 2-1 na final de Hamburgo, que só ficou decidida no prolongamento. Este foi o último embate dos madrilenos com um clube da Premier League, isto depois de terem vencido os dois jogos das meias-finais com o Liverpool FC.

• O Atlético já defrontou por 20 vezes equipas inglesas, somando sete triunfos, oito empates e cinco derrotas.

• O clube espanhol venceu os últimos 12 jogos nas competições europeias e não perde desde o desaire por 2-0 com a Udinese Calcio na fase de grupos da época passada da UEFA Europa League.

• José Antonio Reyes e Agüero marcaram os golos do Atlético na vitória por 2-0 sobre o Inter na SuperTaça Europeia de 2010. Diego Godín e Raúl García foram titulares pelos "colchoneros", enquanto Joel Robles, Mario Suárez e Diego Costa foram suplentes não utilizados.

• Gus Poyet marcou o único golo na única presença anterior do Chelsea na SuperTaça Europeia, frente ao Real. Di Matteo jogou 63 minutos e o seu adjunto, Eddie Newton, foi suplente não utilizado.

• O Chelsea visitou o Stade Louis II nas meias-finais da UEFA Champions League de 2003/04, perdendo por 3-1 com o AS Monaco FC na primeira mão e vendo confirmada a eliminação com uma igualdade a dois golos em Stamford Bridge.

• O Atlético perdeu os três desempates por grandes penalidades que disputou nas competições europeias:
6-7 com o Derby County FC na segunda eliminatória da Taça UEFA de 1974/75
1-3 com ACF Fiorentina na primeira eliminatória da Taça UEFA de 1989/90
1-3 com o Villarreal CF na final da Taça Intertoto de 2004

• O Chelsea conseguiu os seguintes resultados em desempates nas provas da UEFA:
4-3 com o FC Bayern München na final da UEFA Champions League de 2011/12
5-6 com o Manchester United FC na final da UEFA Champions League de 2007/08
1-4 com o Liverpool FC na meia-final da UEFA Champions League de 2006/07

• Esta será a 15ª edição consecutiva da SuperTaça Europeia disputada no Mónaco, mas, na sequência de uma decisão do Comité Executivo da UEFA tomada em Junho passado, a edição de 2013 terá lugar Estádio Éden, em Praga. No ano seguinte o troféu vai ser entregue em Cardiff e em 2015 vai ser disputado em Tbilisi.

Ligação entre as equipas
• Di Matteo e Simeone foram adversários em campo quando o Chelsea perdeu por 2-1 na recepção à S.S. Lazio na segunda fase de grupos da UEFA Champions League de 1999/2000.

• O avançado do Chelsea, Fernando Torres, nasceu em Fuenlabrada, um subúrbio de Madrid, e aos 19 anos tornou-se no capitão de equipa mais jovem de sempre do Atlético. Marcou 84 golos em 214 jogos na Liga espanhola pelos "rojiblancos", antes de assinar pelo Liverpool FC em 2007.

• O português Tiago marcou quatro golos em 34 jogos pelo Chelsea na Premier League entre 2004 e 2006.

• Thibaut Courtois foi emprestado pelo Chelsea ao Atlético na época passada, imediatamente após ter sido contratado ao KRC Genk. O internacional belga, que só falhou um jogo no campeonato e venceu a UEFA Europa League pelo Atlético, vai continuar esta época ao serviço do clube espanhol.

• Raul Meireles foi companheiro de equipa de Cristian Rodríguez no FC Porto entre 2008 e 2010 e jogou no Dragão com Falcao em 2009/10.

• Falcão e Rodríguez alinharam pelo FC Porto quando o clube português perdeu por 1-0 em casa do Chelsea, na fase de grupos da UEFA Champions League, a 15 de Setembro de 2009. Os dois sul-americanos também jogaram no segundo encontro e o Chelsea voltou a vencer por 1-0.

• Juan Mata defrontou por dez vezes o Atlético quando jogava no Valência CF, marcando um golo e conseguindo um total de duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

• Oriol Romeu fez dois jogos pelo Barcelona em 2010/11.

• Emre Belözoğlu marcou cinco golos em 58 jogos pelo Newcastle United FC na Premier League entre 2005 e 2008. O turco defrontou o Chelsea por cinco vezes em todas as competições, totalizando uma vitória, um empate e três derrotas.

• Torres, Mata e Juanfran faziam parte da selecção espanhola que venceu o UEFA EURO 2012.

• Torres, Mata e Adrián López alinharam por Espanha no triunfo por 4-1 sobre a Coreia do Sul num encontro de preparação para o Europeu disputado em Berna.

• Mata e Adrián alinharam por Espanha, que viria a vencer o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2011, no empate a um golo com a Inglaterra na fase de grupos. Daniel Sturridge e Ryan Bertrand jogaram pelos britânicos.

• A única internacionalização de Filipe Luís pelo Brasil foi conseguida num nulo com a Venezuela num encontro de qualificação para o Campeonato do Mundo. Ramires, do Chelsea, também alinhou nesse jogo em Outubro de 2009.

Topo