O "site" oficial do futebol europeu

Guarda-redes do Ano

Publicado: Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009, 12.21CET
Edwin van der Sar foi eleito Guarda-redes do Ano da UEFA, tendo suplantado Víctor Valdés e Petr Čech.
Guarda-redes do Ano
O guarda-redes titular do Barcelona, Víctor Valdés ©Getty Images
 
Publicado: Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009, 12.21CET

Guarda-redes do Ano

Edwin van der Sar foi eleito Guarda-redes do Ano da UEFA, tendo suplantado Víctor Valdés e Petr Čech.

Vencedor

Edwin van der Sar (Manchester United FC)
O holandês mostrou que, aos 38 anos, continua a ser uma barreira praticamente intransponível, conforme atestam os 1334 minutos consecutivos durante os quais não sofreu qualquer golo na Premier League. Esses 14 jogos de inviolabilidade revelaram-se decisivos para a conquista do terceiro título consecutivo de campeão inglês por parte do Manchester United. Também na UEFA Champions League Van der Sar se mostrou bastante fiável, pois somente sofreu três golos em nove partidas, desde a fase de grupos até às meias-finais. Todavia, nem mesmo a desilusão da derrota na final – a sua segunda no Stadio Olimpico – deslustra o impressionante contributo que deu à equipa ao longo da temporada. "Tenho uma longa carreira e venci alguns prémios com clubes diferentes", disse Van der Sar sobre o seu prémio. "Receber um troféu individual, e logo um como este, é uma excelente experiência e uma grande honra".

Também nomeados

Petr Čech (Chelsea FC)
O titular do Chelsea mostrou um nível exibicional bastante elevado durante uma época em que ajudou os londrinos a obter o melhor registo defensivo da Premier League (somente 24 golos sofridos), em parceria com o Manchester United. Na UEFA Champions League, foi o único guardião que deixou Camp Nou sem qualquer tento encaixado, tendo sido, inclusivamente, o primeiro em todas as competições a alcançar esse feito em 2008/09. E, pese embora o Chelsea tenha acabado eliminado pelos catalães nas meias-finais, Čech pode sempre consolar-se com o triunfo na Taça de Inglaterra e a distinção de Jogador do Ano na República Checa.

Edwin van der Sar (Manchester United FC)
O holandês mostrou que, aos 38 anos, continua a ser uma barreira praticamente intransponível, conforme atestam os 1334 minutos consecutivos durante os quais não sofreu qualquer golo na Premier League. Esses 14 jogos de inviolabilidade revelaram-se decisivos para a conquista do terceiro título consecutivo de campeão inglês por parte do Manchester United. Também na UEFA Champions League Van der Sar se mostrou bastante fiável, pois somente sofreu três golos em nove partidas, desde a fase de grupos até às meias-finais. Todavia, nem mesmo a desilusão da derrota na final – a sua segunda no Stadio Olimpico – deslustra o impressionante contributo que deu à equipa ao longo da temporada.

Última actualização: 27-08-09 20.09CET

http://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=846665.html#guarda+redes+ano