O "site" oficial do futebol europeu

Médio do Ano

Publicado: Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009, 10.54CET
Xavi Hernández foi eleito Médio do Ano da UEFA, ficando à frente de Steven Gerrard e de Andrés Iniesta.
Médio do Ano
Xavi Hernández esteve em grande no meio-campo da selecção espanhola e do Barcelona ©Getty Images
Publicado: Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009, 10.54CET

Médio do Ano

Xavi Hernández foi eleito Médio do Ano da UEFA, ficando à frente de Steven Gerrard e de Andrés Iniesta.

Vencedor

Xavi Hernández (FC Barcelona)
"Este jovem vai levar-me à reforma", referiu Pep Guardiola sobre Xavi quando os dias como maestro do meio-campo da formação catalã do agora treinador do FC Barcelona estavam perto de chegar ao fim. Nessa altura, Guardiola via Xavi como uma grande promessa e agora tira proveito total do talento do médio no auge da sua carreira. Acabado de ajudar a Espanha a chegar à glória no UEFA EURO 2008™, o médio de 29 anos conquistou também a Europa a nível de clubes. A sua exibição na final da UEFA Champions League foi o culminar de uma temporada de excelência, onde, para além de ter sido o centro daquilo a que o treinador do Manchester United FC, Sir Alex Ferguson, chamou de "carrossel de passes" do Barça, serviu Lionel Messi para o segundo golo com um cruzamento teleguiado ao segundo poste. "É uma honra", disse Xavi sobre o seu prémio. "É muito importante a nível individual. É um sinal de que as coisas correram bem e que as pessoas apreciaram o meu futebol. Acredito que estou no melhor clube do Mundo, com a melhor visão do futebol -  sei que devo muito ao Barcelona".

Também nomeados

Steven Gerrard (Liverpool FC)
O capitão do Liverpool pode ter terminado a época sem qualquer título conquistado, mas não foi por falta de esforço, pois a formação de Merseyside pressionou o Manchester United mais do que nos últimos anos. Gerrard brilhou a actuar como segundo ponta-de-lança, atrás de Fernando Torres, tendo apontado 24 golos, sete dos quais na UEFA Champions League, mais 16 na Premier League, marca que constitui um recorde pessoal. O ponto alto da temporada aconteceu em Março, quando na mesma semana bisou na goleada por 4-0 sobre o Real Madrid CF, antes de marcar também na clara vitória por 4-1 sobre o Manchester United, em pleno Old Trafford.

Andrés Iniesta (FC Barcelona)
O jogador oriundo de La Mancha pode ter sempre tentado fugir às luzes da ribalta, mas tal tornou-se impossível depois do seu impressionante contributo para a época de sonho do Barça. As espectaculares movimentações, a capacidade de criar espaço e de descobrir uma nesga por onde fazer um passe fez com que os adversários da formação catalã tivessem de se preocupar com bem mais do que simplesmente Xavi Hernández no meio-campo. O treinador Pep Guardiola chegou mesmo a considerá-lo "o melhor jogador que alguma vez vi" e Wayne Rooney partilhou esta ideia após a final da UEFA Champions League, onde o Barça chegou, recorde-se, apenas graças a um fantástico remate de Iniesta nos descontos da segunda mão da meia-final, no terreno do Chelsea FC.

Última actualização: 27-08-09 20.16CET

http://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=846656.html#medio+ano