Cardiff abraça SuperTaça Europeia

"É um estádio absolutamente deslumbrante", disse Ole Gunnar Solskjær, ex-jogador do Manchester United, à medida que o Estádio da Cidade de Cardiff inicia os preparativos para receber a SuperTaça Europeia.

O director-executivo da FAW, Jonathan Ford, segura o troféu da SuperTaça Europeia, ladeado por (E–D) Ole Gunnar Solskjær, John Griffiths, ministro do governo do País de Gales, o edil Heather Joyce e Kevin Ratcliffe
O director-executivo da FAW, Jonathan Ford, segura o troféu da SuperTaça Europeia, ladeado por (E–D) Ole Gunnar Solskjær, John Griffiths, ministro do governo do País de Gales, o edil Heather Joyce e Kevin Ratcliffe ©FAW

Ole Gunnar Solskjær classificou-o de "absolutamente maravilhoso", enquanto o antigo defesa do País de Gales, Kevin Ratcliffe, falou da "atmosfera incrível" do Estádio da Cidade de Cardiff, à medida que o recinto se prepara para receber a SuperTaça Europeia de 2014.

Delegados juntaram-se esta segunda-feira na capital galesa para celebrar o facto de a 39ª edição da SuperTaça Europeia estar agendada para o País de Gales, a 12 de Agosto, quando o tradicional jogo de abertura da temporada europeia juntar os vencedores da UEFA Champions League e da UEFA Europa League da época anterior. A casa do Cardiff City FC pode acolher 27.000 espectadores, estando previsto aumentar para 33.000 tendo em vista este grande jogo, pelo que os adeptos podem esperar um cenário magnífico na partida.

Solskjær, actual treinador do Cardiff City FC, foi titular pelo Manchester United FC na derrota por 1-0 com a SS Lazio, na SuperTaça Europeia de 1999, e sabe o que espera as equipas no embate de 2014. "É um estádio absolutamente deslumbrante", disse o antigo internacional da Noruega. "É um encontro que os jogadores vão recordar pela paixão."

Ratcliffe, capitão do Everton FC na vitória na Taça dos Vencedores das Taças, em 1985, bem como na conquista de dois campeonatos de Inglaterra, concorda. "Para um estádio recente gera uma atmosfera incrível", notou o antigo jogador, de 53 anos. "É adequado que a cidade tenha atraído este desafio. A cidade em si evoluiu bastante desde que eu representei o Cardiff City, no início da década de 1990."

Existe uma carga enorme de entusiasmo sobre o jogo que se aproxima – a segunda SuperTaça Europeia a ser disputada fora do Mónaco, casa fixa durante muitos anos, após a edição disputada no Eden Stadium, em Praga, no ano passado, na qual o FC Bayern München derrotou o Chelsea FC no desempate por grandes penalidades.

"Estamos satisfeitos por Cardiff receber esta edição da SuperTaça Europeia", explicou o director-executivo da Federação de Futebol do País de Gales (FAW), Jonathan Ford. "Cardiff recebeu vários eventos desportivos de topo. No entanto, este é uma estreia. Este será o primeiro jogo organizado em nome da UEFA na capital galesa. Estamos certos de que não será o último."

"Cardiff aguarda com expectativa por garantir calorosa recepção à maneira galesa", acrescentou Heather Joyce, líder da Câmara Municipal de Cardiff. "A SuperTaça Europeia vai mais uma vez dar a Cardiff a oportunidade de demonstrar a sua reputação na organização de grandes eventos desportivos." O ministro do governo galês para a Cultura e Desporto, John Griffiths, concordou: "A vinda da SuperTaça Europeia até Cardiff e Gales é mais uma fantástica oportunidade para promover a capital e o nosso país."

Topo