Čech entusiasmado com desafio

O guarda-redes do Chelsea, Petr Čech, espera um Atlético "difícil de lidar no contra-ataque" quando se estrear na tão aguardada SuperTaça Europeia, na sexta-feira.

O guarda-redes do Chelsea FC, Petr Čech, mal pode esperar pela sua estreia na SuperTaça Europeia, depois de ter ajudado a sua equipa a conquistar a UEFA Champions League na época passada. Ainda assim, o titular da República Checa espera um teste difícil no Mónaco, da parte de uma equipa que observou atentamente, o Club Atlético de Madrid (de Sílvio e Tiago), detentor da UEFA Europa League.

Na preparação para o embate, o jogador de 30 anos falou ainda sobre a passagem da competição para o seu país-natal e sobre o seu homólogo e adversário, Thibaut Courtois.

O que mais aguarda com expectativa neste jogo?

Petr Čech: Estou muito feliz por ter esta oportunidade, porque é uma competição que nunca disputei. Agora, ao fim de oito anos de tentativas, consegui. Vai ser uma grande experiência e, se tudo correr bem, espero que consigamos ganhar o troféu.

O que espera do Club Atlético de Madrid?

Čech: Já defrontei o Atlético antes, mas desde a chegada do treinador Diego Simeone o seu estilo de jogo mudou. São muito disciplinados, com uma defesa particularmente sólida, e são difíceis de lidar no contra-ataque.

Para além disso, e pelo facto de ser uma equipa espanhola, todos os jogadores querem ter a bola em sua posse e sentem-se confortáveis com isso. Com esta alteração de estilo, o Atlético é muito mais perigoso do que quando o defrontámos na edição 2009/10 da UEFA Champions League. O sucesso ajudou-o. São muito bem-organizados e não vai ser fácil vencê-los.

Qual o significado da SuperTaça Europeia?

Čech: É um jogo muito interessante – a introdução perfeita para as campanhas da UEFA Champions League e da UEFA Europa League, e também vai ser curioso ver o confronto entre os campeões das duas competições.

Praga vai acolher a próxima edição da SuperTaça Europeia. O que é que isso significa para a República Checa?

Čech: É um evento muito prestigiante para o futebol checo e a República Checa. A SuperTaça Europeia é vista em todo o Mundo e estou satisfeito por Praga ir receber um jogo tão importante.

O Chelsea ganhou o troféu em 1998, quando o Mónaco passou a ser o novo palco da SuperTaça Europeia. Agora pode ser a última equipa a ganhar o troféu lá ...

Čech: O Chelsea foi a última equipa a erguer a Taça de Inglaterra no antigo Wembley e a primeira a conseguir esse feito no novo Wembley – se algo idêntico acontecer no Mónaco, ficaremos bastante satisfeitos.

Thibaut Courtois brilhou no Atlético a época passada. Quais são os seus pontos-fortes?

Čech: Possui um auto-controlo muito grande e concentração extrema durante os 90 minutos. Parece muito mais experiente do que é, por isso a sua grande vantagem é a força mental. Consegue permanecer calmo em jogos decisivos – isso não é fácil na sua idade. É alto, tem bons reflexos e é muito rápido, por isso é difícil batê-lo.

Topo