Zanetti pronto para continuar

O capitão do Inter, Javier Zanetti, disse que os "nerazzurri" não se vão deixar abater pela derrota na SuperTaça Europeia, frente ao Atlético, e que já pensam no início da nova época em Itália.

Javier Zanetti em acção frente ao Atlético
Javier Zanetti em acção frente ao Atlético ©Getty Images

O capitão do FC Internazionale Milano, Javier Zanetti, insistiu que os "nerazzurri" vão esquecer rapidamente o desaire por 2-0 na SuperTaça Europeia frente ao Club Atlético de Madrid e já pensam no início da nova época em Itália.

Quinze anos depois de se ter estreado pelos "nerazzurri", Zanetti, elemento histórico do Inter, foi forçado a reflectir sobre uma noite de desilusão, depois de golos de José Antonio Reyes e Sergio Agüero, na segunda parte, terem assegurado que o seu 702º jogo pelo clube terminasse em derrota.

"Primeiro há que dar todo o mérito ao Atlético, que realizou um grande jogo", disse o veterano de 37 anos ao UEFA.com. "Foi muito equilibrado e creio que ambas as equipas sabiam que quem marcasse primeiro provavelmente conquistava o troféu. Não tivemos espaço no ataque, porque o Atlético defendeu muito bem e possui avançados rápidos, que são muito perigosos no contra-ataque."

No entanto, Zanetti insistiu que o Inter não se vai deixar abater por este desaire. "Podemos esquecer este jogo; deixámos o campo de cabeça erguida e já podemos começar a pensar na partida de segunda-feira, quando a Serie A começar para nós. Depois disso, segue-se a UEFA Champions League e estamos inseridos num grupo difícil, com algumas equipas perigosas. Esperamos chegar ao primeiro jogo no melhor momento de forma possível."

Um penalty falhado no derradeiro minuto por Diego Milito, autor de dois tentos na vitória sobre o FC Bayern München, na final da UEFA Champions League, em Maio, resumiu a noite do Inter. No entanto, o médio Dejan Stanković garante que o desejo de troféus da equipa, vencedora da "tripla" na época passada, permanece intocável.

"Conquistámos muitos troféus, mas ainda queremos mais", disse ao UEFA.com. "Há cinco dias apenas vencemos a SuperTaça de Itália. Se tivéssemos conquistado este troféu, teríamos encerrado o ciclo de Verão e podíamos olhar para o início da Serie A com tranquilidade. No entanto, continuamos a ser uma equipa muito forte, tal como o provámos no passado. Esta derrota custa, como é óbvio, mas quanto mais cedo reagirmos, melhor."

Topo