Venda de bilhetes encerrada

Terminou a venda de ingressos relativos ao público em geral para a SuperTaça Europeia. Os candidatos serão informados até quinta-feira, dia 22 de Julho, se foram contemplados.

Terminou a venda de bilhetes para a SuperTaça Europeia
Terminou a venda de bilhetes para a SuperTaça Europeia ©UEFA.com

Terminou a venda de bilhetes relativos ao público em geral para a SuperTaça Europeia de 2010, agendada para o Mónaco, na sexta-feira, dia 27 de Agosto.

O processo de venda internacional dos ingressos reservados ao público em geral, que decorreu em exclusivo através do UEFA.com, começou a 5 de Julho e terminou esta sexta-feira, dia 16. A atribuição dos bilhetes será feita por sorteio, no qual entrarão as candidaturas consideradas válidas, independentemente da altura em que foram submetidas. Os contemplados terão direito ao máximo de dois bilhetes por pessoa.

Os candidatos serão informados por e-mail até 22 de Julho caso tenham sido sorteados. A partir dessa data, podem também aceder ao portal dos bilhetes para confirmarem o estatuto das respectivas candidaturas.

O jogo da SuperTaça Europeia, entre o FC Internazionale Milano e o Club Atlético de Madrid, disputa-se no Stade Louis II e tem início marcado para as 19h45 (de Portugal Continental) do dia 27 de Agosto. A capacidade do recinto para o embate entre campeão da Europa e o vencedor da UEFA Europa League é de 18 mil lugares, sendo 75 por cento dos bilhetes reservados ao público em geral e para os adeptos dos dois clubes.

Os bilhetes reservados ao público em geral devem ser levantados pelos contemplados no ponto de recolha junto à entrada principal do estádio, pois não serão enviados por correio. Mais detalhes serão dados posteriormente aos vencedores. Deve ser apresentada uma cópia do e-mail de confirmação, bem como identificação válida. O Inter e o Atlético vão distribuir os bilhetes directamente pelos respectivos adeptos.

As candidaturas online vão ser confirmadas para assegurar que pessoas impedidas de frequentar os estádios de futebol não possam tentar adquirir bilhetes. A UEFA sublinha que não serão distribuídos bilhetes via agências ou correctoras. A UEFA encoraja igualmente os adeptos a não fazerem qualquer acordo com especuladores, que pedem preços exorbitantes por ingressos que, por norma, nem estão na sua posse.

Topo