SuperTaça Europeia da UEFA: Lopetegui sobre a ambição do Sevilha

Julen Lopetegui acredita que o Sevilha "não vai ser submisso" quando defrontar "a melhor equipa do Mundo".

Julen Lopetegui orienta a sua equipa junto à linha lateral
Julen Lopetegui orienta a sua equipa junto à linha lateral AFP via Getty Images

Contratado como treinador do Sevilha no Verão de 2019, a primeira época de Julen Lopetegui terminou com a conquista do sexto título do clube na UEFA Europa League, com o habitualmente contido técnico de 54 anos a não conseguir segurar as lágrimas nos festejos em Colónia.

No entanto, o antigo timoneiro de Porto e Real Madrid está determinado em regressar à acção da melhor forma, quando a sua equipa defrontar o Bayern Munique na SuperTaça Europeia da UEFA, e acredita que, após a equipa ter formado a sua identidade futebolística em situações de adversidade, não a vai alterar, seja qual for o adversário.

Sobre o encontro com o Bayern

Veja todos os golos do Bayern na Champions League 2019/20
Veja todos os golos do Bayern na Champions League 2019/20

Não é todos os dias que se disputa a SuperTaça Europeia, e muito menos frente a um adversário tão importante quanto o Bayern, que ganhou a "tripla" de troféus e protagonizou uma época espectacular. É um colectivo imponente composto por jogadores incríveis. Tem um treinador que merece muito crédito pela forma como geriu a equipa e transformou o seu destino, dando-lhe uma forte identidade e foco no trabalho de equipa.

Trata-se de enfrentar a melhor equipa do Mundo neste momento. Não vamos ser submissos. Temos muito respeito e admiração por este adversário, mas somos uma equipa que tem muito orgulho no que fez, é ambiciosa e tem as suas armas para vencer. Vamos abordar o jogo com a intenção de fazer uma boa exibição. Não será fácil, mas obviamente nem estamos à espera de outra coisa.

Sobre a conquista da UEFA Europa League

Lopetegui: "Quando a emoção se sobrepõe, a razão passa para segundo plano"
Lopetegui: "Quando a emoção se sobrepõe, a razão passa para segundo plano"UEFA via Getty Images

Quando a emoção se sobrepõe, a razão passa para segundo plano. É assim que as coisas são. Quando se olha para as equipas que vencemos, e as circunstâncias em que isso aconteceu, com a pandemia e os jogos à porta fechada, com os jogadores a darem o máximo, compreende-se as nossas reacções emotivas. Foi um sentimento de alegria e nem sempre conseguimos controlar as emoções. Mas felizmente foram lágrimas de alegria.

Não há um aspecto essencial para ganhar um troféu. Uma equipa tem de fazer muitas coisas bem, e depois tomar as decisões certas em momentos-chave do jogo. Se tivesse de escolher um factor significativo, seria a mentalidade da equipa: em situações complicadas e na ambição que revela, por exemplo.

Sobre o estilo de jogo do Sevilha

Todos os golos do Sevilha rumo à glória na Europa League 2019/20
Todos os golos do Sevilha rumo à glória na Europa League 2019/20

Na época passada tivemos 15 jogadores novos. Pode ser encarado como uma problema, mas também pode ser visto como uma oportunidade, e foi esta última hipótese que escolhemos. Uma oportunidade para rapidamente nos adaptarmos a uma filosofia. Temos sido uma equipa que sofre poucos golos sendo muito ofensiva. Somos uma equipa que está sempre à procura de oportunidades para contra-atacar e, ao mesmo tempo, é capaz de defender longe da sua área. Corremos riscos, mas somos muito empenhados em relação ao que é preciso ser feito para poder correr esses riscos.

Tem tudo a ver com conhecer as características daquilo que o adversário vai tentar fazer, mas também temos de exibir os nossos pontos-fortes e não adulterar o que faz de nós uma equipa a ter em conta.

Sobre a UEFA Champions League

Vamos abordar esta competição da mesma forma que qualquer outra: passo a passo. Tivemos pouco tempo de descanso entre uma época e outra e iniciámos o trabalho há pouco tempo, mas isso não servirá de desculpa. Vamos trabalhar e mentalizarmo-nos, primeiro, para a SuperTaça Europeia, e depois para essa competição, bem como as provas nacionais. Vamos tentar preparar-nos da melhor forma e transmitir as nossas ideias aos reforços, pois sabemos que é preciso crescer e evoluir como equipa.