2017: Real Madrid bate United e revalida troféu

Casemiro e Isco marcaram em cada parte os golos que valeram ao Real Madrid a conquista da sua terceira Supertaça Europeia em quatro anos, em Skopje.

Highlights: See how Real Madrid claimed Super Cup glory

Real Madrid 2-1 Manchester United
(Casemiro 24, Isco 52; Lukaku 62)

O Real Madrid tornou-se na primeira equipa a vencer duas edições seguidas da Supertaça Europeia, desde o Milan em 1990, ao levar a melhor sobre uma combativa equipa do Manchester United na ARJ Macedónia.

Os detentores da UEFA Champions League entraram com tudo no jogo em Skopje e quase ganharam vantagem num cabeceamento de Casemiro que acertou na trave, no seguimento de um canto cobrado por Toni Kroos. O brasileiro, porém, iria mesmo marcar, pouco depois, ao acorrer da melhor forma a um cruzamento de Dani Carvajal para abrir o activo – naquele que foi 66º jogo consecutivo do Real Madrid a marcar pelo menos um golo.

O vencedor da UEFA Europa League, orientado por José Mourinho, não conseguiu inverter a maré do encontro no segundo tempo e Isco, o melhor em campo, fez o segundo dos "merengues" ao bater sem problemas David De Gea, na sequência de uma boa jogada de entendimento com Gareth Bale. Bale rematou depois à trave, antes do United reduzir a desvantagem por intermédio de Romelu Lukaku, reforço de Verão e que assim estrou-se a marcar pelo clube ao bater Keylor Navas na recarga ao primeiro disparo de Nemanja Matić.

O guarda-redes costa-riquenho segurou depois o triunfo do Real com uma grande defesa a negar o golo do empate a Marcus Rashford, entrado na segunda metade, enquanto na outra baliza De Gea também brilhou e manteve o United na discussão do resultado com uma excelente intervenção a remate de Marco Asensio. Mas o Real Madrid, orientado por Zinédine Zidane, acabaria mesmo por conquistar a sua quarta Supertaça Europeia, colocando-se a apenas uma do recorde de cinco partilhado por Milan e Barcelona.

Topo