Barcelona e Sevilha jogam SuperTaça em Tbilissi

Vencedor da UEFA Champions League, o Barcelona vai enfrentar o Sevilha a 11 de Agosto na segunda edição consecutiva 100 por cento espanhola da SuperTaça Europeia.

O Barcelona vai medir forças com o Sevilha, rival na Liga, na SuperTaça Europeia
O Barcelona vai medir forças com o Sevilha, rival na Liga, na SuperTaça Europeia ©Getty Images

O FC Barcelona vai defrontar o Sevilla FC a 11 de Agosto, terça-feira, na Boris Paichadze Dinamo Arena, em Tbilissi, naquela que será a segunda SuperTaça Europeia consecutiva entre duas equipas espanholas.

Depois de 15 edições disputadas no Stade Louis II, casa do AS Monaco FC, entre 1998 e 2012, o palco do embate anual entre o vencedor da UEFA Champions League e da UEFA Europa League muda agora todas as épocas. Após ter sido disputada no Stadion Edene, em Praga, e no Cardiff City Stadium, a SuperTaça Europeia da UEFA rumará agora à Geórgia. Será a primeira decisão de uma competição de futebol da UEFA a ter lugar naquele país, que foi já palco da fase final da Taça UEFA Futsal em 2013 (prova na qual o FC Barcelona foi semi-finalista).

Graças ao seu triunfo sobre a Juventus em Berlim, na final da UEFA Champions League, o Barcelona vai elevar para nove o número de presenças na SuperTaça Europeia da UEFA. Uma vitória permitirá à turma catalã igualar o registo do AC Milan, até à data o único clube a erguer por cinco vezes o troféu. O Barça conquistou a prova em 1992, 1997, 2009 e 2011 mas viu-se derrotado nas edições de 1979, 1982, 1989 e 2006 – tendo nesta última sido, curiosamente, batido pelo Sevilha, por 3-0, no outro embate 100 por cento espanhol na história da prova (esse desaire constitui também a única ocasião em que os "blaugrana" perderam na condição de campeão europeu).

O Sevilha vai entrar em cena enquanto vencedor da UEFA Europa League pela segunda época consecutiva, depois do triunfo conseguido em Varsóvia sobre o FC Dnipro Dnipropetrovsk. Em Cardiff, em Agosto último, na sua terceira presença, viu-se derrotado por 2-0 pelo Real Madrid CF. A formação andaluza bateu o Barcelona por 3-0 em 2006, mas um ano depois foi derrotada por 3-1 pelo Milan, numa final ofuscada pela morte de Antonio Puerta, jogador do Sevilha, três dias antes.

Aconteça o que acontecer a 11 de Agosto, a Espanha dilatará a sua vantagem como nação com mais títulos na SuperTaça Europeia da UEFA. Soma já mais vitórias - 11 – e mais presenças – 20 – do que qualquer outro país e irá fazer esses números subirem para 12 e 22, respectivamente. Nas 15 edições já disputadas desde que o vencedor da Taça UEFA/UEFA Europa League começou a marcar presença, o balanço de triunfos é de 8-7 a favor do vencedor da UEFA Champions League, graças ao triunfo do Real Madrid sobre o Sevilha em 2014.

O UEFA.com terá todos os detalhes da edição de 2015 da SuperTaça Europeia da UEFA, incluindo informações sobre a venda de bilhetes, em tempo devido.

Topo