"Hat-trick" excede expectativas de Falcao

"É mais do que poderia ter sonhado", reconheceu Radamel Falcao após fazer um “hat-trick” pelo  Atlético na primeira parte da vitória de 4-1 sobre o Chelsea na Supertaça Europeia.

Falcao reconheceu que o "hat-trick" que marcou pelo Atlético na primeira parte do encontro com o Chelsea excedeu as suas próprias expectativas
©Getty Images

Falcao reconheceu que marcar um “hat-trick” pelo Club Atlético de Madrid na primeira parte do triunfo sobre o Chelsea FC na Supertaça Europeia excedeu as suas maiores expectativas, enquanto os colegas Adrián López e Thibaut Courtois não pouparam elogios ao goleador colombiano.

Courtois, que está emprestado pelo Chelsea ao Atlético, considerou que as opções tácticas de Diego Simeone foram decisivas para o triunfo por 4-1, enquanto o médio Eden Hazard reconheceu que a equipa de Londres tem de aprender com os erros cometidos se ambicionar repetir o triunfo na UEFA Champions League .

Falcao, avançado do Atlético 
Estou muito feliz. Este jogo superou as minhas expectativas e fiz mais do que poderia ter ambicionado. Queria vencer a SuperTaça e sonhava em marcar golos, mas isto superou todas as expectativas. Tudo correu muito bem e quando se consegue algo assim, é um momento muito emotivo.

Foi um jogo, um título, uma final, mas tivemos de disputar este desafio com muita intensidade e a equipa mostrou isso em campo. Cumprimos o nosso plano desde o início. Sabíamos que teoricamente o Chelsea era favorito ao triunfo, mas conseguimos jogar a alto nível e vencer o encontro.

Thibaut Courtois, guarda-redes do Atlético
A equipa está muito feliz. Antes do jogo, muitos consideravam que era impossível o Atlético derrotar o Chelsea, porque eles estão em boa forma, mas tivemos mais uma prova que o Diego Simeone é um grande treinador. O plano táctico resultou de forma perfeita. O Chelsea teve uma ou duas oportunidades para marcar, mas nunca no interior da área e fez o único golo na sequência de um pontapé de canto.

No ataque temos um tigre, o Falcao, que está em excelente forma, mas todos os médios e atacantes jogaram muito bem. Estivemos bem colectivamente e ao jogar assim podemos bater qualquer adversário. Bater por 4-1 os vencedores da UEFA Champions Leagueé fantástico, e poderíamos ter ganho por 6-1 ou 7-1.

O Chelsea tem muita qualidade, mas tivemos a prova que, quando estamos bem preparados e a táctica é boa, podemos bater qualquer equipa. Eles têm grandes jogadores, como o Éden Hazard, Juan Mata, Fernando Torres e Frank Lampard, mas toda a equipa é excelente. Com a táctica certa, podemos vencer qualquer adversário, e foi isso que aconteceu neste jogo.

O Falcao é um jogador fundamental na nossa equipa e marcou três golos neste jogo, o que é algo incrível numa SuperTaça Europeia. A conquista de um troféu nesta fase é muito importante. Deixa os adeptos satisfeitos e é sempre mais um título, mas não garante a conquista de um dos primeiros lugares no campeonato. Vamos continuar tranquilos e temos sempre de trabalhar intensamente ao longo da semana, mas este triunfo dá muita confiança.

Adrián López, avançado do Atlético 
Estamos muito felizes. Sabíamos que era um jogo difícil, frente a uma equipa poderosa, mas tudo correu de forma perfeita. Começamos muito bem o jogo, conseguimos marcar cedo e fizemos o segundo golo logo a seguir. Abordamos este desafio com a atitude certa, a equipa levou o jogo muito a sério, foi por isso que vencemos.

Falcao é um grande jogador. É muito eficaz e voltou a mostra-lo, tal como costuma fazer nos grandes jogos. Estamos muito orgulhosos por contar com ele na nossa equipa, pois também é uma excelente pessoa e um grande colega de equipa. As vitórias trazem confiança, especialmente ao conquistar um troféu frente a um adversário como o Chelsea, que é o detentor da UEFA Champions League. Este triunfo é extremamente importante, pois motiva a equipa e os adeptos. O que temos a fazer agora é desfrutar deste momento e manter esta forma no campeonato.

Eden Hazard, médio do Chelsea
Estamos desiludidos porque perdemos o jogo. O mais importante é olhar em frente, ver os erros que cometemos e tentar não os repetir nos próximos jogos.

Vim para o Chelsea para disputar grandes jogos, nas grandes competições, e para tentar conquistar troféus. Temos muitos títulos para disputar este ano e, embora já tenhamos perdido dois, ainda temos outros para ganhar. Vamos dar o máximo. A UEFA Champions League continua a ser o maior objectivo e vamos melhorar com jogos como o da Juventus [o jogo de estreia do Chelsea no Grupo E da UEFA Champions League).

O início da época correu-me muito bem. Adaptei-me muito bem à vida em Inglaterra. Conseguimos uma boa série de vitórias na Premier League. Espero que continue assim, para mim e para a equipa, porque o mais importante não sou eu, é a equipa, e enquanto continuarmos a vencer é bom para a nossa confiança.

Topo