O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Farina dirige SuperTaça Europeia

O árbitro transalpino Stefano Farina vai apitar a partida da SuperTaça Europeia, entre Barcelona e Sevilha, que se disputa na noite de sexta-feira, no Estádio Louis II, no Mónaco.

O árbitro italiano Stefano Farina foi o eleito para dirigir o encontro da SuperTaça Europeia, entre FC Barcelona e Sevilla FC, que se disputa sexta-feira, no Estádio Louis II, no Mónaco.

Quarteto italiano
O juiz transalpino, de 43 anos, será auxiliado pelos compatriotas Marco Ivaldi e Alessandro Griselli, enquanto Matteo Trefoloni desempenhará as funções de quarto árbitro. Farina será o quarto italiano a conduzir o jogo que marca o arranque simbólico das competições europeias em cada época, e o primeiro desde que Piero Ceccarini arbitrou a segunda mão da edição de 1997, entre o BV Borussia Dortmund e o Barcelona, cujo empate a um golo permitiu aos catalães erguerem o troféu com um saldo final de 3-1.

Experiência
Stefano Farina não é, no entanto, o primeiro transalpino a marcar presença na decisão da SuperTaça Europeia em apenas um jogo e tendo o Mónaco com cenário, uma vez que Luigi Agnolin apitou o encontro de 1986, no qual o FC Steaua Bucuresti aproveitou a viagem ao Principado para bater o FC Dynamo Kyiv. Profissional na área dos seguros, Farina dedica-se à arbitragem desde os 17 anos e é também um hábil praticante de ténis, além de se interessar por história antiga.

Rápida ascensão
O juiz estreou-se na Serie B italiana com 31 anos e, apenas quatro meses depois, a 22 de Janeiro de 1995, dirigiu a primeira partida na Serie A, entre o US Foggia e a AC Reggiana. Posteriormente, em 2001, tornou-se árbitro internacional e rapidamente ganhou experiência nas principais competições da UEFA. Na época passada, o italiano arbitrou três jogos da fase de grupos da UEFA Champions League e, mais tarde, nos oitavos-de-final, dirigiu o desafio da primeira mão entre Real Madrid CF e Arsenal FC - que viria a atingir a final da competição -, disputado no Santiago Bernabéu.

Velho conhecido
O árbitro transalpino cruzou-se com o Sevilha por uma vez, no passado, nos quartos-de-final da edição 2005/06 da Taça UEFA. Farina esteve presente no empate (1-1) dos espanhóis no terreno do FC Zenit St. Petersburg, completada com uma vitória por 5-2 na eliminatória. O italiano nunca conduziu partidas com a presença do Barcelona, mas não é propriamente um estranho no Estádio Louis II, pois estava no centro das atenções quando o AS Mónaco FC bateu o AEK Athens FC por 4-0, a 30 de Setembro de 2003, partida em que Ludovic Giuly inaugurou o marcador. O regresso ao Mónaco deu-se a 28 de Setembro de 2004 para dirigir o jogo entre o Mónaco e o FC Deportivo La Coruña, ganho pelos monegascos por 2-0.