Liverpool conquista Supertaça Europeia nos penalties

Os “reds” venceram o Chelsea por 5-4 no desempate por grandes penalidades, após o 2-2 registado em Istambul.

O Liverpool fez a festa em Istambul
Getty Images

Tudo o que precisa de saber em 60 segundos

Pedro Rodríguez, que já tinha marcado dois golos na Supertaça Europeia quando representava o Barcelona, quase deu vantagem aos “blues” a meio da primeira parte, mas o seu forte remate, já de ângulo apertado, fez a bola embater na trave.

COMO TUDO ACONTECEU

O Chelsea conseguiu, no entanto, adiantar-se mesmo no marcador aos 36 minutos, com Giroud a ser desmarcado na perfeição por Christian Pulišić e a bater Adrián com um remate cruzado de pé esquerdo. O ponta-de-lança francês também tinha aberto o marcador na final da UEFA Europa League, em Maio, ajudando o Chelsea a derrotar o Arsenal.

Sadio Mané pode não ter feito o gosto ao pé no triunfo do Liverpool sobre o Tottenham na final da última UEFA Champions League, mas o internacional senegalês facturou quando os “reds” foram derrotados pelo Real Madrid em 2018. O avançado acrescentou mais um importante golo ao seu currículo três minutos após o reatamento, empurrando o esférico para o fundo da baliza depois de o recém-entrado Roberto Firmino ter sido o mais rápido a reagir à solicitação de Fabinho.

Kepa Arrizabalaga assinou uma fantástica dupla defesa para impedir Salah de chegar ao golo, antes de Virgil van Dijk efectuar um corte providencial e ajudar a levar o encontro para prolongamento.

O Liverpool não demorou a ganhar vantagem novamente por intermédio de Mané, mas Jorginho empatou seis minutos volvidos, convertendo uma grande penalidade a castigar uma falta de Adrián sobre Tammy Abraham. E quis o destino que fosse o jovem dianteiro a falhar o penalty decisivo no desempate, entregando dessa forma o troféu à equipa orientada por Jürgen Klopp.

Melhor em Campo: Sadio Mané (Liverpool)

Mais dois golos para o avançado do Liverpool, que já parece na mesma forma apresentada na época transacta. O seu primeiro tento fez justiça ao seu instinto goleador, enquanto que o segundo nasceu de toda a sua qualidade no capítulo da finalização.

Principais estatísticas

0: Continua sem haver uma Supertaça Europeia que tenha terminado sem golos ao cabo de 120 minutos.

1: Mané tornou-se o primeiro jogador do Senegal a marcar num jogo da Supertaça Europeia.

3: Esta foi a terceira Supertaça em que participou Lampard. As duas anteriores aconteceram quando ainda era jogador do Chelsea: foi capitão de equipa nas derrotas em 2012 e 2013.

7: Mané tornou-se no sétimo jogador a bisar num jogo da Supertaça Europeia. Os outros são: Mário Jardel (2000), Djibril Cissé (2005), Radamel Falcao (2012 - “hat-trick”), Cristiano Ronaldo (2014), Lionel Messi (2015) e Diego Costa (2018).

8: Esta foi a oitava edição da Supertaça Europeia disputada num único jogo a ir para prolongamento, sendo que todas essas partidas tiveram golos nos 30 minutos suplementares.

12: Giroud soma 12 golos nos seus 13 últimos jogos das competições europeias.

Topo