Ancelotti espera "ciclo importante" para o Real

Carlo Ancelotti disse que "pode ter começado um ciclo importante" após o triunfo do Real Madrid; Unai Emery destacou o apoio dos adeptos do Sevilha em Cardiff.

O Real Madrid festeja o seu mais recente triunfo europeu
©Getty Images

• Ancelotti, treinador do Real Madrid CF, sobre a vitória na SuperTaça Europeia: "Pode ter começado aqui um ciclo importante"

• Ancelotti elogia Ronaldo, autor dos golos da vitória, e o estreante Toni Kroos

• Unai Emery, treinador do Sevilla FC: "Faltou-nos precisão e agressividade no ataque"

• Emery explica a ausência de Alberto Moreno, de saída para o Liverpool FC

Carlo Ancelotti, treinador do Real Madrid
Penos que um ciclo importante pode começar aqui, já que temos um plantel com muita qualidade. Tenho a sorte de orientar um plantel tão fantástico. É óbvio que temos de trabalhar bastante e fazer sacrifícios, mas as possibilidade de fazermos coisas importantes e lutar por todos os títulos estão lá.

O nosso estilo de jogo não mudou em comparação com a época passada – podemos fazer uso do contra-ataque. O Kroos alinhou na mesma posição que o Xabi Alonso e com o mesmo objectivo, que era fazer circular a bola e, se surgisse a oportunidade, lançar a velocidade dos avançados. Não é fácil melhorar esta equipa, já que temos um plantel fantástico. Penso que o mais importante é utilizar todos os recursos disponíveis.

O Sevilha jogou tal como esperado – defendendo bem e contra-atacando. Penso que cobrimos bem os jogadores adversários e tivemos equilíbrio em campo para conter os seus contra-ataques.

A exibição do Cristiano foi fantástica. Ele foi o homem do jogo, o melhor jogador em campo e resolveu o jogo com dois óptimos golos. Jogou verdadeiramente bem. Toda a equipa realizou um bom jogo, especialmente tendo em conta que não tivemos muito tempo de preparação. Controlámos bem os acontecimentos e o Kroos jogou bem. O James revelou mais dificuldades, mas na segunda parte esteve bem, tal como o Kroos.

Unai Emery, treinador do Sevilha
Defendemos bem, mas no ataque faltou-nos algo – precisão e agressividade diante da baliza contrária. Acima de tudo, a diferença esteve nos contra-ataques do Real Madrid.

Os adeptos impulsionaram-nos e tenho de lhes agradecer por esta comunhão com a equipa e pelo apoio prestado. Eles continuaram a incentivar-nos e nos últimos minutos estivemos perto de reduzir a diferença. Eles compreenderam que demos o nosso melhor – não com a precisão que queríamos, mas pelo menos tentámos.

Se Alberto Moreno sair terá de entrar outro jogador, e também precisamos de mais um médio-centro. Aconteceu hoje e coincidiu com o facto de ele estar aqui hoje… não foi programado. Não estávamos à espera, apesar de estar previsto [a transferência] há cerca de dois meses. O Sevilha já teve jogadores muito importantes e que saíram, mas no entanto o clube continuou a ganhar títulos. Alberto Moreno, [Ivan] Rakitić… podemos falar de outros, mas o Sevilha recuperou sempre.

Topo