O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal 4-0 Suíça: Ronaldo bisa na goleada portuguesa

Cristiano Ronaldo marcou por duas vezes e, a jogar em casa, Portugal somou a sua primeira vitória no Grupo A2 da UEFA Nations League.

Resumo: Portugal 4-0 Suíça

Portugal somou, sem grandes dificuldades, a sua primeira vitória no Grupo A2 da UEFA Nations League, com Cristiano Ronaldo a bisar no triunfo caseiro, por 4-0, sobre a Suíça.

Momentos-chave

15' William Carvalho abre o marcador na recarga a um livre de Ronaldo
35'
Ronaldo finaliza boa jogada e faz o segundo de Portugal
39'
Ronaldo encosta para o fundo das redes e bisa no encontro
68' João Cancelo fecha marcador após grande jogada de Bernardo Silva

O jogo em poucas palavras: Portugal embala para goleada com grande primeira parte

Getty Images

Cristiano Ronaldo brilhou a grande altura e Portugal decidiu praticamente o desfecho do encontro com uma primeira parte de grande nível em Alvalade. O capitão da selecção portuguesa – que tinha assinado um "hat-trick" no último embate entre os dois países, há três anos – não marcava por Portugal há cinco jogos - a sua maior seca de golos pela Selecção em dez anos, mas foi de um livre por si cobrado que nasceu o primeiro golo. O guarda-redes visitante, Gregor Kobel, defendeu para a frente e, na recarga, William Carvalho fez o 1-0.

Ronaldo chegou, depois, aos 117 golos pelo seu país com um bis em quatro minutos ainda antes do intervalo, primeiro coroando da melhor forma uma bonita jogada colectiva após assistência de Diogo Jota e, depois, na recarga a mais uma defesa incompleta de Kobel.

O atacante do Manchester United ficou perto do "hat-trick" por duas vezes, mas acabou por ser João Cancelo a assinar o quarto golo de Portugal, a meio da segunda parte, ao chegar primeiro do que Kobel à bola e atirar certeiro para a baliza deserta após trabalho e passe fantástico de Bernardo Silva..

Como tudo aconteceu: Portugal 4-0 Suíça

Carlos Machado, repórter no estádio

Os 42.325 adeptos que assistiram ao jogo desta noite no estádio viram Portugal conquistar uma vitória clara que o colocou no topo do Grupo 2 da Liga A. A resistência da Suíça terminou após o segundo golo e o resto do jogo foi apenas uma questão de saber quantos mais os anfitriões iriam conseguir marcar, com Ronaldo determinado a chegar a mais um "hat-trick", que acabou por não surgir. Só algumas excelentes defesas de Kobel na parte final do encontro evitaram um triunfo ainda mais dilatado de Portugal.

Reacções

Fernando Santos, seleccionador de Portugal: "Os primeiros dez minutos foram um pouco confusos. Não conseguíamos encontrar o caminho para a baliza e a Suíça pressionou muito. Mas assim que conseguimos passámos a dominar. A Suíça tentou, mas tivemos uma acção ofensiva muito boa, combinada com uma forte reacção à perda. A partir daí o jogo foi controlado com tranquilidade".

Danilo, defesa de Portugal: "Após o primeiro quarto conseguimos assentar o nosso jogo. Fomos muito bons a circular a bola e a criar espaços. Podíamos ter marcado ainda mais golos mas ainda assim foi uma excelente exibição".

Rúben Neves, médio de Portugal "Marcámos muitos golos, criámos várias oportunidades e praticámos bom futebol. Há sempre coisas a melhorar, é nisso que nos vamos focar, mas penso que foi uma óptima".

Murat Yakin, seleccionador da Suíça: "Hoje não temos de procurar desculpas, o adversário foi simplesmente melhor. A fase inicial foi fortes, mas depois disso nem a sorte esteve do nosso lado. Também faltou um pouco de empenho, especialmente na defesa, onde não fomos consistentes".

Granit Xhaka, médio da Suíça: "Começámos bem mas depois perdemos o jogo no espaço de cinco minutos. Como visitante, deixámo-nos apanhar em contra-pé, algo que não pode acontecer. Na primeira parte tivemos sorte que Portugal não tivesse marcado mais dois ou três golos".

Principais estatísticas

Getty Images
  • Portugal perdeu apenas dois dos seus últimos 11 jogos internacionais contra a Suíça (V6 E3 D2).
  • A Selecção portuguesa perdeu apenas um dos 14 jogos que já disputou na UEFA Nations League (V9 E4 D1).
  • Portugal venceu seis dos oito jogos da Nations League que disputou no seu território (V6 E1 D1).
  • Excluindo a vitória por 3-0 contra a Ucrânia atribuída "na secretaria", a última vitória da Suíça na UEFA Nations League remonta a Novembro de 2018, contra a Bélgica.
  • A Suíça não venceu nenhum dos seus últimos sete jogos na UEFA Nations League fora da Suíça (2E 5D).

Ficha de jogo

Portugal: Rui Patrício; João Cancelo, Pepe, Danilo, Nuno Mendes; Otávio (Rafael Leão 77), William Carvalho (Matheus Nunes 84), Rúben Neves (Palhinha 77); Ronaldo, Diogo Jota (Ricardo Horta 67), Bruno Fernandes (Bernardo Silva 67)

Suíça: Kobel; Mbabu, F. Frei, Schär, Rodríguez (Okafor 62); Sow (Gavranović 81), Xhaka; Steffen (Bottani 69), Shaqiri (Freuler 69), Vargas; Seferović (Embolo 62)

Grupo 3 Em directo agora

Jogos J Vitórias V Empates E Derrotas D Marcados Sofridos Diferença de golos Pontos Pts
HUN Hungria
A jogar agora
4 2 1 1 7 3 4 7
GER Alemanha
A jogar agora
4 1 3 0 8 5 3 6
ITA Itália
A jogar agora
4 1 2 1 5 7 -2 5
ENG Inglaterra
A jogar agora
4 0 2 2 1 6 -5 2

O que se segue após a fase de grupos da UEFA Nations League?

Os vencedores dos quatro grupos da Liga A seguem para a fase final, com um deles a ser, em princípio, designado anfitrião. As meias-finais serão a 14 e 15 de Junho de 2023, com a final e a partida de atribuição dos terceiros e quartos lugares a ter lugar a 18 de Junho.

As selecções que terminarem no quarto lugar dos grupos da Liga A descem à Liga B para a edição 2024/25.