Bósnia e Herzegovina 0-2 Itália: "Azzurri" carimbam passaporte para a fase final

Grandes golos de Andrea Belotti e Domenico Berardi enviaram os italianos para a "final four"

Resumo: Bósnia e Herzegovina 0-2 Itália
Resumo: Bósnia e Herzegovina 0-2 Itália

Dois espectaculares remates de primeira, um de Andrea Belotti e outro de Domenico Berardi, garantiram à Itália a vitória de que precisava em Sarajevo para garantir uma vaga na fase final da UEFA Nations League.

Bósnia e Herzegovina - Itália: como tudo aconteceu

O jogo em poucas palavras

Belotti desperdiçou duas excelentes oportunidades logo a abrir, mas aos 22 minutos não perdoou, correspondendo com um potente remate de primeira a um cruzamento perfeito de Lorenzo Insigne e colocando pela primeira vez a bola no fundo das redes.

A melhor ocasião da turma da casa, que já tinha a descida à Liga B confirmada, surgiu 15 minutos depois, quando Smail Prevljak, em excelente posição, rematou contra as pernas de Gianluigi Donnarumma.

Sempre muito activo, Insigne quase ampliou a vantagem ainda antes do intervalo, com um remate em arco que rasou o poste.

Na segunda parte, mais uma excelente finalização, desta feita por Berardi, após bom trabalho de Manuel Locatelli, coroou uma noite perfeita para os "Azzurri", que asseguraram a presença na fase final, marcada para Outubro do próximo ano.

O terceiro golo esteve mesmo perto de acontecer, mas Federico Bernardeschi viu o seu disparo, à beira do fim, devolvido pela trave da baliza contrária.

Principais curiosidades e estatísticas

  • A Bósnia-Herz. perdeu os últimos três jogos na UEFA Nations League, sofrendo um total de oito golos nessas partidas.
  • A Itália chegou aos 22 jogos seguidos sem perder no conjunto de todas as competições com este triunfo.
  • Os "Azzurri" atravessam a sua melhor série de invencibilidade desde 2004-06, então sob as ordens de Marcello Lippi.
  • Belotti tornou-se no 35º jogador a chegar aos dez golos pela selecção principal de Itália.
  • Berardi marcou o seu terceiro golo do ano pela Itália, mais do que qualquer outro jogador.

Equipas

Bósnia e Herzegovina: Pirić; Čorluka, Hadzikadunic, Saničanin, Kadušić; Cimirot, Pjanić, Gojak; Tatar, Prevljak, Krunić

Itália: Donnarumma; Florenzi, Acerbi, Bastoni, Emerson; Barella, Jorginho, Locatelli; Berardi, Belotti, Insigne

O que se segue?

A Itália será uma das quatro selecções a participar na fase final da UEFA Nations League, que se realiza de 6 a 10 de Outubro de 2021. O regresso dos jogos oficiais de selecções está marcado para a Primavera com a Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2022.