O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Croácia 2-3 Portugal: bis de Rúben Dias dita triunfo luso na despedida

Portugal foi para o intervalo a perder, virou o resultado, viu os croatas empatarem já reduzidos a dez, mas ainda chegou à vitória, ao cair do pano.

Resumo: Croácia 2-3 Portugal
Resumo: Croácia 2-3 Portugal

Portugal venceu a Croácia por 3-2 no adeus à segunda edição da UEFA Nations League. Um golo de Rúben Dias já no período de descontos ditou o triunfo sobre uma Croácia que jogou quase toda a segunda parte reduzida a dez, mas que ainda assim, segue na Liga A.

Croácia-Portugal: como tudo aconteceu, reacções

O jogo em poucas palavras

O encontro arrancou com poucas ocasiões de golo, até que aos 27 minutos a Croácia marcou. Corte imperfeito de Rúben Semedo, Pašalić serviu Kovačić e este ainda viu Patrício defender, mas à segunda Kovačić não perdoou.

A selecção da casa ficou perto do segundo a fechar a primeira parte, num cabeceamento de Juranović, mas a abrir o segundo tempo viu-se reduzida a dez. Rog derrubou Cristiano Ronaldo, viu o segundo amarelo e o consequente vermelho.

Na transformação do livre, Cristiano rematou forte, Livaković defendeu para frente e na recarga Rúben Semedo assistiu Rúben Dias para o 1-1. A cambalhota no marcador não tardou, com Diogo Jota a assistir, da linha de fundo, João Félix para o 2-1. Mesmo reduzida a dez a Croácia não baixou os braços. Kovačić encheu o pé, bisou na partida e fez o 2-2.

Pensava-se que o empate iria subsistir até ao fim, mas em cima do apito final Rúben Dias aproveitou uma má abordagem do guarda-redes contrário para bisar na partida e oferecer a vitória os vencedores da primeira edição da prova. Um resultado que, contudo, não impediu a Croácia de garantir a permanência na Liga A.

Luís Piedade, repórter

Num jogo no qual não tinha nada em disputa a não ser a honra, Portugal conseguiu terminar a campanha de forma positiva, com uma vitória.

Na primeira parte a equipa das "quinas" esteve um pouco desligada, permitindo à Croácia sonhar com o triunfo. No entanto, os pupilos de Fernando Santos mostraram maior competência ofensiva na etapa complementar, beneficiando também da vantagem numérica, para marcarem três golos, isto num jogo em que o sector defensivo deixou a desejar.

Curiosamente, foi também da defesa que emergiu o herói do desafio, com Rúben Dias a bisar e a dar os três pontos.

Reacções

Zlatko Dalić, seleccionador da Croácia: "Quero dar os parabéns aos meus jogadores, porque mostraram muito coração esta noite. Jogaram bem e tenho muita pena que não tenham sido recompensados por isso. Quase conseguimos segurar o empate, mas um erro no fim acabou por deitar isso a perder."

Fernando Santos, seleccionador de Portugal: "Voltámos a não ter intensidade na primeira parte, mas na segunda parte entrámos com toda intensidade, a ganhar as segundas bolas, porque estes jogos também se ganham assim. Os jogos não se ganham só a jogar bonito. No fim de conta fomos justos vencedores, porque fomos melhores, mas temos de ser muitos melhores".

Rúben Dias, defesa de Portugal: "Como é óbvio, é sempre um momento especial estrear-me a marcar pela selecção. Estou muito feliz, ainda mais por juntar a esse momento a vitória".

Principais curiosidades e estatísticas

  • Luka Modrić colocou-se a apenas uma internacionalização de ser o jogador mais internacional de sempre pela Croácia, que é actualmente Darijo Srna (com 134 jogos).
  • A Croácia marca há 21 jogos consecutivos, mas sofre há 11
  • Portugal segue invicto fora de portas na UEFA Nations League (3V 2E)
  • A Croácia não empata há 11 jogos (8V 3E)
  • A Croácia perdeu seis dos seus últimos sete jogos na UEFA Nations League
  • Foi a primeira vez em sete jogos que a Croácia marcou mais do que um golo a Portugal
  • Portugal continua com apenas uma derrota na história da UEFA Nations League. O registo é agora de 8V 3E 1D
  • Portugal soma agora seis vitórias e um empate em sete jogos com a Croácia
  • Portugal sofreu mais do que um golo pela primeira vez em 12 jogos na Nations League

Equipas

Croácia: Livaković; Juranović, Lovren, Škorić, Bradarić; Modrić, Rog, Kovačić (Bašić 90); Vlašić (Oršić 83), Pašalić (Brekalo 64), Perišić.

Portugal: Rui Patrício; Nélson Semedo, Rúben Semedo, Rúben Dias, Mário Rui (João Cancelo 71; Danilo (Sérgio Oliveira 77), João Moutinho, Bruno Fernandes (Francisco Trincão 46); João Félix (Bernardo Silva 71), Ronaldo, Diogo Jota (Paulinho 77).

O que se segue?

A fase final da UEFA Nations League realiza-se de 6 a 10 de Outubro de 2021. O regresso dos jogos oficiais está marcado para a Primavera com a Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2022.