Bélgica 4-2 Dinamarca: belgas implacáveis confirmam fase final

Os anfitriões só precisavam de empatar, mas acabaram mesmo por ganhar, com Lukaku a bisar e De Bruyne e Tielemans a marcarem também.

Resumo: Bélgica 4-2 Dinamarca
Resumo: Bélgica 4-2 Dinamarca

A Bélgica selou o apuramento para a fase final da UEFA Nations League com um triunfo por 4-2 sobre a Dinamarca. O empate chegava, mas os belgas fizeram questão de mostrar a sua força e somar a quinta vitória em seis jogos no seu grupo.

Bélgica-Dinamarca: como tudo aconteceu

O jogo em poucas palavras

Para confirmar a passagem à fase final a Bélgica só precisava de não perder, mas cedo começou a ganhar. Estavam decorridos apenas três minutos de jogo quando Tielemans aproveitou um mau alívio de Højbjerg e rematou certeiro para o fundo das redes, não dando quaisquer hipóteses de defesa a Schmeichel, seu habitual colega de equipa no Leicester.

Foi um início de sonho para a Bélgica, mas a Dinamarca não tardou a responder. À passagem do minuto 17, Braithwaite assistiu Jonas Wind e o jovem avançado de 21 anos, no seu primeiro jogo de sempre a titular pela selecção do seu país, saltou mais alto para cabecear para o fundo das redes.

Braithwaite esteve, depois, perto de virar o marcador e colocar a Dinamarca na frente de um jogo que precisava de ganhar para seguir em frente, mas Courtois negou-lhe o golo com uma grande intervenção e, na segunda parte, foi a Bélgica a voltar à liderança. Tielemans marcou de forma rápida um livre e passou a Bruyne, que assistiu Lukaku. A bola sofreu um desvio, sobrevoou Schmeichel e só parou no fundo das redes.

As poucas dúvidas que ainda pudessem restar sobre o apuramento da Bélgica foram, depois, dissipadas a 20 minutos dos 90, quando Lukaku bisou na partida e fez o 3-1, correspondendo da melhor forma, com um cabeceamento fulminante, a um centro perfeito de Thogan Hazard.

Com os belgas já com a cabeça na fase final, Courtois distraiu-se e, com uma falha que lhe é pouco habitual, ainda permitiu que a Dinamarca reduzisse para 3-2 num autogolo de Chadli, mas depressa a Bélgica repôs os dois golos de vantagem, com De Bruyne a marcar.

Principais curiosidades e estatísticas

• A Bélgica marcou dentro dos primeiros 16 minutos do encontro nos seus últimos sete jogos na UEFA Nations League.

• Lukaku marcou 17 golos nos seus últimos 14 jogos pela Bélgica.

• A Bélgica marcou pelo menos dois golos em 20 dos seus últimos 21 jogos oficiais (19V 2D).

• A Dinamarca sofreu quatro golos num jogo pela primeira vez desde 2013; nunca tal tinha acontecido com Kasper Schmeichel na baliza.

Equipas

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Denayer, Vertonghen (Boyata 90+2); De Bruyne, Tielemans, Dendoncker, Chadli; Mertens, Lukaku, T Hazard (Foket 77)

Dinamarca: Schmeichel; Mæhle, Christensen, Kjær, Wass; Delaney (Jensen 70), Højbjerg, Eriksen; Braithwaite, Wind (Sisto 88), Poulsen (Andersen 76)

O que se segue?

A Bélgica ser uma das quatro selecções a disputar a fase final da UEFA Nations League realiza-se de 6 a 10 de Outubro de 2021. O regresso dos jogos oficiais está marcado para a Primavera com a Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2022.