O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão do Portugal - França: onde ver e notícias das equipas

Portugal defronta a França no Grupo A3 da UEFA Nations League: saiba tudo.

Cristiano Ronaldo e Diogo Jota durante um treino de Portugal
Cristiano Ronaldo e Diogo Jota durante um treino de Portugal AFP via Getty Images

Portugal recebe a França no Grupo A3 da UEFA Nations League, em Lisboa, no sábado, 14 de Novembro, às 19h45.

Portugal - França: actualizações

Onde ver o jogo na TV

Os adeptos podem encontrar aqui o seu parceiro local de transmissão da UEFA Nations League

Ponto de situação

• Portugal mantém-se sem derrotas no topo do Grupo A3 e lidera com vantagem sobre a França devido à melhor diferença de golos (+8 comparado com +4 dos "bleus". O detentor do troféu não perde em há seis jogos oficiais (V5 E1). Os dois encontros mais recentes de Portugal no Estádio do SL Benfica terminaram com empates.

• A França perdeu por 2-0 em casa na quarta-feira, num amigável diante da Finlândia, mas vai numa série de 12 jogos oficiais sem derrotas (10V 2E) e venceu o único jogo anterior que realizou no Estádio do SL Benfica, por 2-1, frente à Inglaterra no UEFA EURO 2004.

Confrontos anteriores

Resumo: França 0-0 Portugal
Resumo: França 0-0 Portugal

Os campeões europeu e mundial empataram 0-0 quando se defrontaram na terceira jornada, em Saint-Denis. A França levou a melhor nos confrontos oficiais entre as duas selecções (V3 E1 D1), mas a única derrota foi dolorosa: 1-0 após prolongamento, no Stade de France, na final do UEFA EURO 2016.

• Incluindo os jogos amigáveis, a França venceu os últimos cinco jogos fora frente a Portugal, numa sequência que começou com um triunfo por 4-2 em 1947. Mais recentemente, em 2015, ganhou por 1-0 no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com um golo de Mathieu Valbuena.

Declarações dos treinadores

Fernando Santos, treinador de Portugal: "É um grande jogo. É decisivo no caso de vitória de uma das equipas, não há dúvida, mas trata-se do campeão da Europa e do campeão do Mundo. Felizmente estamos habituados há muitos anos a jogos decisivos - tal como a França, aliás - e os jogos decisivos são para ganhar. Estamos preparados. São duas grandes equipas que se respeitam, mas sem subserviência. Há grandes individualidades de um lado e do outro e há sempre riscos que se correm quando há perda de bola e em contra-ataque. O objectivo é ganhar, mas é preciso organização, concentração, paixão e confiança. Espero um adversário diferente na forma de jogar em relação àquele que nos defrontou e aposto num tridente ofensivo mais móvel, com [Kylian] Mbappé, [Anthony] Martial e [Antoine] Griezmann, por isso com Martial em vez de [Olivier] Giroud."

Didier Deschamps, treinador da França: "Irão alguns jogadores que têm estado lesionados regressar contra Portugal? Sim, espero que sim. Mas não sei ainda quem exactamente. Benjamin Pavard e Kylian Mbappé? Eles têm melhorado todos os dias, mas não sei se isso será suficiente. Conhecemos bem Portugal. Vai ser diferente [da derrota amigável de quarta-feira, por 2-0, contra a Finlândia]. Quando jogamos a cada três dias não temos tempo para reflectir sobre os encontros anteriores."

A seguir

17/11: Croácia - Portugal
17/11: França - Suécia

Conteúdos relacionados