O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Islândia 0-1 Inglaterra: Penalty de Sterling vale triunfo tardio

Uma grande penalidade convertida por Raheem Sterling já nos descontos valeu o triunfo inglês em Reiquiavique.

Resumo: Islândia 0-1 Inglaterra
Resumo: Islândia 0-1 Inglaterra

A Inglaterra teve de esperar por um penalty nos derradeiros instantes da partida para somar os três pontos na estreia nesta edição da UEFA Nations League, com a Islândia a ter ainda tempo para falhar, também ela, uma grande penalidade nos derradeiros segundos.

Islândia-Inglaterra: como tudo aconteceu

O jogo em poucas palavras

A festa da Inglaterra
A festa da InglaterraAFP via Getty Images

Houve uma grande penalidade para cada lado nos descontos da segunda parte, num final de jogo emocionante em Reiquiavique. Raheem Sterling converteu o seu, aos 91 minutos, e garantiu o triunfo da Inglaterra no arranque desta edição da UEFA Nations League, isto porque Birkir Bjarnason não converteu, dois minutos depois, o seu, a castigar uma falta sobre Hólmbert Friðjónsson cometida por Joe Gomez.

Apesar de a Inglaterra ter tido mais bola ao longo da partida, o nulo foi persistindo, com a selecção dos "três leões" a mostrar dificuldades em furar a muralha defensiva islandesa. As duas equipas ficaram, entretanto, reduzidas a dez jogadores, com Kyle Walker a ver o cartão vermelho aos 71 minutos e Sverrir Ingason a receber ordem de expulsão no lance em que cometeu a grande penalidade, por mão na bola, que viria a valer a Sterling o único golo da partida.

Raheem Sterling remata à baliza
Raheem Sterling remata à balizaAFP via Getty Images

Estatísticas e curiosidades

  • A Inglaterra só não marcou num dos seus últimos 14 jogos.
  • A Inglaterra venceu 11 dos seus últimos 14 jogos (nos quais sofreu duas derrotas).
  • A Islândia continua à procura dos seus primeiros pontos de sempre na UEFA Nations League.
  • Raheem Sterling marcou 11 golos nos seus 12 últimos jogos pela Inglaterra.
  • O cartão vermelho visto por Kyle Walker foi o primeiro visto por um jogador da selecção inglesa desde a expulsão de Sterling num amigável frente ao Equador, em Junho de 2014.

Equipas

IslÂndia: Halldórsson; Magnússon, Árnason, Ingason, Hermannsson; Traustason (Hallfredsson), Bjarnason, Pálsson, Þorsteinsson (Sigurdsson 67); Guðmundsson, Bödvarsson (Fridjonsson)

Inglaterra: Pickford; Trippier, Dier, Rice, Gomez, Walker; Foden (Ings 69), Ward-Prowse, Sancho (Alexander-Arnold 74); Kane (Greenwood 79), Sterling

O que se segue

As duas selecções vão estar em acção terça-feira, dia em que a Inglaterra viaja à Dinamarca e a Islândia visita a Bélgica.