Luis Amado abandona o futsal

Luis Amado, guarda-redes da Espanha e do Inter FS, decidiu abandonar o futsal aos 40 anos, depois de ter vencido dois Mundiais, cinco UEFA Futsal EUROs e três Taças UEFA de Futsal.

Luis Amado foi o capitão da equipa do Inter que atingiu a final da Taça UEFA de Futsal na época passada
Luis Amado foi o capitão da equipa do Inter que atingiu a final da Taça UEFA de Futsal na época passada ©Sportsfile

Luis Amado, guarda-redes da Espanha e do Inter FS, até ao final da última época colega dos portugueses Ricardinho e Cardinal, decidiu colocar um ponto final numa brilhante carreira no futsal.

O veterano pendura as luvas aos 40 anos, após ter somado inúmeros títulos, ao nível de clubes e da selecção, mas pretende continuar ligado à modalidade.

"Estava a preparar-me mentalmente para isto", explicou na quarta-feira na cerimónia de despedida. "Foi uma decisão difícil, porque jogo desde os 19 anos. O Futsal foi e será a minha vida. O clube quer que eu fique, eu quero ficar, vamos ver."

"Espero continuar a ajudar. O futsal deu-me muito, por isso não me quero reformar sem dar tudo aquilo que posso à modalidade. A minha experiência de 21 anos poderá ser útil a muita gente. Estou aqui para ajudar."

Amado iniciou a carreira no Club Atlético de Madrid Leganés e ganhou um campeonato e três Taças de Espanha ao serviço do Caja Segovia, antes de se mudar para o Inter em 2001. Nas 15 épocas em que representou o clube de Madrid venceu sete campeonatos, seis Taças de Espanha, a Copa del Rey e estabeleceu um recorde ao ganhar três Taças UEFA de Futsal.

Amado deixou de representar Espanha em 2012, mas somou 179 internacionalizações ao longo de 14 anos e fez parte das selecções que ganharam cinco UEFA Futsal EURO e dois Campeonatos do Mundo.

Topo