O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão da final da UEFA Futsal Champions League: Palma - Sporting

O anfitrião Mallorca Palma Futsal defronta o duas vezes campeão Sporting na final de domingo.

Da esquerda para a direita: o capitão e treinador do Palma, Carlos Barrón e  Antonio Vadillo, e o treinador e capitão do Sporting, Nuno Dias e João Matos
Da esquerda para a direita: o capitão e treinador do Palma, Carlos Barrón e Antonio Vadillo, e o treinador e capitão do Sporting, Nuno Dias e João Matos UEFA via Sportsfile

O Mallorca Palma Futsal, anfitrião da fase final da UEFA Futsal Champions League, defronta o duas vezes campeão Sporting na final de domingo, no Velòdrom Illes Balears-Mallorca.

Futsal Champions League de relance

Quando: 19h00 (de Portugal Continental), domingo
Onde
: Velòdrom Illes Balears-Mallorca
O quê
: Final da UEFA Futsal Champions League
Como seguir: Preparativos e cobertura em directo aqui
Onde ver: Veja a lista de operadores ou assista em directo em UEFA.tv.
Jogo do terceiro lugar: Benfica - Anderlecht (16h00)

Ver os resumos

Saiba tudo

O Palma está a fazer a sua estreia europeia nesta temporada e, de facto, ainda não conquistou um troféu importante, mesmo a nível interno. Contudo, o Ekaterinburg também não o fez antes do triunfo em 2007/08, sendo que o Palma provou certamente todo o seu valor mesmo antes da épica vitória por 4-3 sobre o Benfica diante dos seus fervorosos adeptos, na sexta-feira.

Na fase principal empatou e terminou acima do ex-campeão Kairat Almaty e do eventual semifinalista Sporting Anderlecht Futsal, tendo começado por recuperar de um início desastroso para derrotar o Sporting Paris. O Palma conquistou depois o seu grupo da ronda de elite em Son Moix com um jogo ainda por disputar, garantindo a oportunidade de dar seguimento ao dominante registo da Espanha nesta competição.

O seu experiente plantel inclui Mario Rivillos, que já marcou numa final ganha frente ao Sporting, e Hossein Tayebi, sendo que o Palma espera poder contar com este último depois de o iraniano se ter lesionado ao marcar o segundo dos seus dois golos nas meias-finais.

Resumo das meias-finais da Futsal Champions League: Palma 4-3 Benfica

O Sporting, agora uma presença regular nesta fase da competição, conta com o núcleo do plantel (e o treinador Nuno Dias) que chegou à vitória em 2019 e em 2021. A equipa leonina venceu todos os sete jogos na sua caminhada até aqui, incluindo a goleada por 7-1 aplicada ao Anderlecht na sexta-feira, isto numa meia-final onde já vencia por 5-0 ainda antes dos sete minutos de jogo.

Incluindo jogadores como João Matos, Erick, Pauleta, Tomás Paçó, Zicky e Pany Varela, que também foram cruciais para a recente conquista de títulos continentais e mundiais por parte da selecção portuguesa, o Sporting conta com uma equipa de vencedores em série. Como se isso não fosse suficiente, o golo apontado por Alex Merlim nas meias-finais significa que todos os 12 jogadores de campo do Sporting já marcaram na presente edição da competição.

Resumo: Sporting 7-1 Anderlecht

Declarações

Antonio Vadillo, treinador do Palma: "Não há muito a dizer de uma equipa como o Sporting. Talvez seja suficiente dizer que estiveram em seis finais nos últimos oito anos. O Nuno Dias é um animal competitivo, à semelhança dos seus jogadores. Nos últimos anos têm vencido tudo a nível interno e externo. Na minha opinião, é uma das equipas que melhor prepara os jogos.

"Vamos tentar controlar ao máximo o adversário e teremos de ser, acima de tudo, nós próprios. Foi isso que aconteceu contra o Benfica nas meias-finais, mas amanhã teremos de jogar ainda melhor. Sabemos que vai ser muito difícil, mas acreditamos que podemos vencer. Não existe a palavra cansaço no nosso dicionário, até porque o estado anímico supera o físico."

Marlon, jogador do Palma: "É a final das nossas vidas e o jogo mais importante das nossas carreiras. O Sporting é muito experiente nestes palcos, mas com a nossa vontade tudo é possível, sobretudo se jogarmos como nas meias-finais. Se assim for estou certo que teremos as nossas possibilidades.

"Vai ser certamente muito complicado, mas estamos a fazer uma época muito forte e esta é uma oportunidade única para fazermos história pelo clube. Temos muito respeito pelo Sporting, mas amanhã queremos mostrar que podemos competir com eles, à semelhança do que aconteceu ontem contra o Benfica."

A medalha para os vencedores
A medalha para os vencedoresUEFA via Sportsfile

Nuno Dias, treinador do Sporting: "Conheço muito bem o Palma. Não só porque sou muito amigo do seu treinador e director, mas também gosto da forma como joga. São fortes em todas as fases do jogo e o guarda-redes é uma parte muito importante do seu jogo ofensivo.

[Sobre enfrentar os adeptos da casa na final] "Penso em quando vencemos em Almaty com cerca de 12.500 pessoas nas bancadas e apenas quatro ou cinco delas eram do Sporting. Também ganhámos a Champions League à porta fechada [em 2021], pelo que não penso que isso vá ser um factor amanhã."

João Matos, capitão do Sporting: "Nós, como sempre, estamos focados e acreditamos nas nossas qualidades. Conhecemos os pontos fortes do Palma e estamos preparados para o jogo."

"Durmo tranquilo, mesmo sabendo da importância do jogo, até porque no final de contas é apenas uma partida de futsal. A minha experiência ajuda-me a lidar com esse tipo de ansiedade. Não tivemos muito tempo para preparar o jogo contra o Palma, mas assistimos à meia-final deles e identificámos pontos onde podemos causar-lhes problemas."

2019: Sporting bate anfitrião Kairat em Almaty
Think Fast: Documentário da UEFA sobre futsal


Estatísticas

  • O Sporting, campeão em 2019 e em 2021, pode tornar-se a primeira equipa não espanhola a conquistar pela terceira vez o título.
  • Esta é a sétima final para o Sporting, apenas atrás do Inter FS (8).
  • O Sporting é a primeira equipa a chegar a seis finais em sete anos. Desde que o torneio se tornou a Futsal Champions League em 2018/19, falharam a presença em apenas uma final.
  • O Sporting chegou a três finais consecutivas, igualando o recorde que já detinha anteriormente entre 2017 e 2019, e partilhado por FC Dínamo (2005, 2006, 2007 e 2012, 2013, 2014), Inter (2016, 2017, 2018) e Barça (2020 , 2021, 2022).
  • O Sporting já defrontou adversários espanhóis em quatro finais, perdendo frente ao Inter em 2017 e em 2018, isto antes de vencer o Barça em 2021 e de perder contra esse mesmo oponente na temporada passada.
  • Sem contar com a temporada inaugural de 2001/02, o Palma é o quinto clube a chegar à final na sua estreia. Todas as quatro equipas anteriores – Ekaterinburg (2008), Montesilvano (2011, derrotando o Sporting), Barça (2012) e Ugra (2016) – conquistaram o troféu.
  • O Sporting é a primeira equipa a chegar a cinco finais em seis temporadas e pode tornar-se a primeira a conquistar três títulos em quatro anos.
  • Nuno Dias, do Sporting, espera igualar Jesús Velasco na conquista de três títulos como treinador. Nuno Dias seria o primeiro a fazê-lo com um único clube, já que Velasco venceu por duas vezes com o Inter e uma com o Barça (batendo sempre o Sporting de Dias, em 2017, 2018 e 2022).
  • Nuno Dias vai somar o seu 15º jogo em fases finais naquele que é o seu sétimo torneio e a sua sexta final, todos recordes absolutos.
  • O capitão do Sporting, João Matos, vai disputar o seu 19º jogo em fases finais e a sétima final (alguns jogadores já disputaram oito jogos em finais, incluindo ambas as mãos no formato pré-2007). Matos tornou-se o primeiro jogador a chegar às 75 partidas na competição por ocasião da meia-final.
  • Guitta, Erick, Pany Varela, João Matos, Alex Merlim e Diego Cavinato, do Sporting, pretendem conquistar o tricampeonato com o Sporting. Zicky, Tomás Paçó, Pauleta e o guarda-redes suplente Bernardo Paço também fizeram parte dos 14 que participaram na final de 2021 vencida frente ao Barça, em Zadar.
  • Esteban, do Sporting, fez parte da equipa do Barça que derrotou o Sporting na final do ano passado, em Riga. O espanhol venceu todos os nove jogos que disputou nesta competição, dois na final do ano passado com o Barça e todos os sete da caminhada do Sporting até à final desta época.
  • Mario Rivillos, do Palma, bisou na vitória do Inter sobre o Sporting por 7-0 na final de 2017. Também estava na equipa do Barça que se sagrou campeã em 2019/20, mas saiu antes da fase final, que foi adiada para Outubro devido à COVID.
Mario Rivillos contra o Sporting