O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Barça 4-0 Sporting: Blaugrana vencem detentores do troféu e conquistam a UEFA Futsal Champions League

O Barça é campeão pela quarta vez após destronar o Sporting em Riga.

Veja como os Blaugrana garantiu a conquista do seu quarto título com uma excelente vitória sobre o detentor do troféu em Riga.
Resumo da final da UEFA Futsal Champions League: Barça 4-0 Sporting

O Barça é campeão europeu de futsal pela quarta vez, quase uma década depois da sua primeira conquista, em 2012, após bater o detentor do título Sporting na final, em Riga.

O Sporting tinha derrotado o Barça no jogo decisivo da edição de 2021 da UEFA Futsal Champions League, mas dois golos mesmo antes do intervalo, e outro poucos depois do reatamento, abriram caminho à desforra catalã e garantiram a continuidade entre as duas equipas na alternância de triunfos desde a reformulação da Taça UEFA Futsal.

O jogo em poucas palavras: Barça não dá hipóteses

Ver os resumos
Ver mais

O início de jogo foi equilibrado, com algumas oportunidades junto das duas balizas, mas a meio do primeiro tempo o Barça começou a mostrar-se mais perigoso. Matheus Rodrigues deixou um primeiro aviso, com um remate ao poste, e logo depois a turma "blaugrana" abriu o marcador, com um remate ao ângulo do capitão Sergio Lozano, sem hipóteses para Guitta. O Sporting acusou o golo e sofreu o 2-0 ainda antes do intervalo. Pito recuperou o esférico, avançou sem oposição e rematou certeiro.

 Ferrão marcou o 3-0 para o Barça
Ferrão marcou o 3-0 para o BarçaSPORTSFILE

O Barça também vencia por 2-0 Sporting ao intervalo na final de 2021, acabando depois por perder por 4-3, mas desta feita a história não se iria repetir. E isso ficou bem claro logo no arranque do segundo tempo, quando Ferrão controlou uma bola longa de Ortiz e fez o 3-0.

O Sporting tentou reagir e fazer ao Barça o que o Barça havia feito ao Benfica nas meias-finais – virar uma desvantagem de 3-0 –, mas apesar de criar alguns lances de perigo não conseguia marcar e via o adversário ameaçar por várias vezes o quarto golo, que aconteceu já perto do fim.

O Sporting apostou no guarda-redes avançado e o guarda-redes do Barça, Didac Plana, aproveitou para rematar certeiro desde a sua área para a baliza leonina deserta.

Barça - Sporting: Como foi


Reacções

Jesús Velasco, treinador do Barça: "Que noite e que jogo! Foi perfeito. Acho que fomos superiores em todos os aspectos, mas talvez a chave para esta vitória tenha sido a forma como vencemos na sexta-feira, nas meias-finais. Conseguimos esquecer qualquer sinal de cansaço e os meus jogadores foram incríveis durante toda a partida. Não é fácil fazer o que fizemos aqui, porque o Sporting é uma grande equipa e era o atual campeão. Trabalhámos tanto para chegar onde estamos agora e não poderia estar mais orgulhoso e feliz."

Guitta: "Não conseguimos ser eficazes"
Guitta: "Não conseguimos ser eficazes"

Guitta, guarda-redes do Sporting: "Não há muito a dizer sobre um jogo quando se perde por 4-0. Demos tudo e acho que foi uma grande partida para quem assistiu, mas esta não foi a nossa noite e o Barça mereceu vencer. Não fomos eficazes na primeira fase de construção do nosso jogo e também faltou nitidez na segunda. Às vezes ganha-se, outras vezes perde-se. Estamos mais habituados a vencer, mas há jogos em que as coisas simplesmente não correm com queremos. Apesar de termos perdido, estou orgulhoso do que fizemos aqui na final. Queríamos o título, é claro, mas vamos trabalhar muito para sermos campeões novamente".

Principais estatísticas

  • O Barça, a disputar a sua terceira final consecutiva, igualando esse máximo, conquistou o seu quarto título (depois de 2012, 2014 e 2020); só o Inter FS tem mais (cinco). Sergio Lozano e Ortiz igualaram o recorde de quatro títulos de Gabriel e Lozano é o primeiro a vencer quatro vezes pelo mesmo clube.
  • Jesús Velasco é o primeiro treinador a conquistar três títulos (os outros dois foram ao lado de Ortiz, pelo Inter, em 2017 e 2018, ambos também contra o Sporting); o seu total de 58 jogos nesta competição é também um recorde.
  • O treinador do Sporting, Nuno Dias, esteve presente no seu 13º jogo em fases finais, na sua sexta presença fases finais e na sua quinta final. Tudo isto constituem recordes.
  • O capitão do Sporting, João Matos, disputou o seu 17º jogo em fases finais e é o recordista absoluto neste capítulo.
  • O golo de Ferrão foi o seu 11º em fases finais da prova, mais um do que o antigo recordista, Esquerdinha, seu colega de equipa, actualmente lesionado.
  • Os 8442 espectadores presentes no último dia da competição em Riga constituem um novo recorde de público em jogos de futsal na Letónia.

Terceiro lugar

Ver os resumos
Ver mais

Antes, na Arena Riga, o Benfica levou a melhor sobre um combativo ACCS, primeira equipa francesa a disputar uma fase final da prova, e garantiu a medalha de bronze. Foi a quarta vez que as "águias" terminaram num dos primeiros lugares da competição.