O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão da final da UEFA Futsal Champions League: Barça - Sporting

O Sporting aponta à segunda vitória consecutiva na final frente a um Barça que espera ser apenas a segunda equipa a chegar aos quatro títulos no apaixonante confronto que vão protagonizar em Riga.

Barça e Sporting lutam este domingo pela conquista da UEFA Futsal Champions League
Barça e Sporting lutam este domingo pela conquista da UEFA Futsal Champions League SPORTSFILE

Pelo segundo ano consecutivo, o Barça defronta o Sporting CP pelo título da UEFA Futsal Champions League, com as duas equipas a medirem forças este domingo na Arena Riga.

Ver os resumos
Ver mais

Há um ano, em Zadar, o Sporting recuperou de uma desvantagem de dois golos para vencer por 4-3 e conquistar o seu segundo título em três anos, ficando a apenas um de distância do Barça. Esse jogo disputou-se à porta fechada, assim como a vitória do Barça em casa contra o Murcia na decisão de 2020; desta vez espera-se um número recorde de espectadores para um encontro de futsal na Letónia.

Onde ver os jogos: TV/"streams"


O que esperar

Resumo das meias-finais da Futsal Champions League: Benfica 4-5 Barça (ap)
Resumo das meias-finais da Futsal Champions League: Benfica 4-5 Barça (ap)

Nas últimas 12 temporadas houve apenas duas finais sem um destes dlois clubes, sendo que ambos chegam invictos a esta final. Sporting e Barça conquistaram os seus grupos na fase principal e na ronda de elite, embora o conjunto leonino tenha empatado um dos seus jogos.

Os detentores do troféu bateram os franceses do ACCS Asnières Villeneuve 92, por 6-2, nas meias-finais de sexta-feira, embora o cartão vermelho visto por Pany Varela o impeça de jogar no domingo. O Barça perdia ante o Benfica por 3-0 ao intervalo, mas deu a volta ao resultado antes de o encontro ir para prolongamento, onde Adolfo marcou o golo decisivo a 18 segundos do fim.

Essa recuperação espelha na perfeição as inúmeras reviravoltas protagonizados por equipas portuguesas nos últimos anos, nomeadamente quando o Sporting deu a volta a uma desvantagem de 2-0 na final do ano passado para derrotar o Barça por 4-3, muito por culpa de uma excelente exibição do então adolescente Zicky.

Conheça as equipas

Declarações

Resumo: ACCS 2-6 Sporting
Resumo: ACCS 2-6 Sporting

Jesús Velasco, treinador do Barça: "Estamos prontos e a nossa motivação não podia ser maior. Os jogadores estão um pouco cansados após o esforço contra o Benfica, mas ainda temos algum tempo para recuperar para a final. Foi um jogo muito difícil, mas que nos dará ainda mais força para a final.

"Não há muito a dizer sobre o Sporting porque agora todos sabem o quão bom eles são. Eles estão onde estão com mérito e são os campeões em título. Estamos a falar de uma equipa de topo que se destaca em todos os aspectos do jogo. "

Nuno Dias, treinador do Sporting : "A equipa está em boa forma do ponto de vista físico e mental. Não é segredo nenhum que vamos enfrentar um adversário muito difícil, mas vamos preparar-nos da melhor maneira possível para que possamos prevalecer e revalidar o título. Acho que a melhor maneira de explicar o nosso sucesso nos últimos anos tem a ver com o facto de estarmos sempre a aprender. É um processo de aprendizagem. Quando novos jogadores chegam, eles acrescentam algo à equipa e todos nós melhoramos graças a isso.

"O Barça é uma equipa acostumada a vencer e a maneira como bateu o Benfica diz tudo o que é preciso saber sobre eles. O nosso sucesso dependerá da nossa capacidade para suplantar aqueles momentos em que teremos de sofrer e de outros nos quais precisaremos de ser eficazes quando estivermos a ser superiores."

Ferrao, jogador do Barça: "As pessoas estão a falar sobre vingança, mas tudo o que posso dizer é que estamos totalmente focados na partida e nada mais do que isso. Será muito, muito difícil. Teremos que deixar tudo na quadra se quisermos ter sucesso.No ano passado perdemos um pouco o foco após termos dois golos de vantagem e depois o Sporting aproveitou isso, sendo que foi o que também aconteceu ontem com o Benfica. Isso só reforça o facto de que a este nível é preciso estar totalmente concentrado duante os 40 minutos."

Erick, jogador do Sporting: "Estamos mais do que prontos para a final e confiantes. Quando se chega a uma final é preciso acertar alguns detalhes, pois todo o trabalho árduo que nos permitiu estar aqui já está feito. É o Sporting contra o Barça mais uma vez na final e nós, como equipa, estão preparados para o desafio."

Estatísticas-chave

  • O Sporting, campeão em 2019 e em 2021, pode juntar-se ao Barça com três títulos.
  • Esta será a sexta final para ambos, com o Barça a disputar a primeira em 2012 e o Sporting em 2011. Apenas o Inter (8) tem mais.
  • O Barça atingiu a final em três ocasiões seguidas, igualando o recorde detido pelo FC Dynamo (2005, 2006, 2007 e 2012, 2013, 2014), pelo Inter (2016, 2017, 2018) e pelo Sporting (2017, 2018, 2019).
  • O Sporting pode tornar-se a terceira equipa a defender com sucesso o título, depois do Playas de Castellón (as edições inaugurais de 2002 e 2003) e do Inter FS (2017 e 2018). Em ambas as ocasiões, essas equipas venceram o mesmo clube em cada final.
  • O Sporting é a primeira equipa a chegar a cinco finais em seis temporadas e poderá ser a primeira a conquistar três títulos no espaço de quatro anos.
  • Esta é a quarta vez que a mesma final é disputada em dois anos consecutivos. O Castellón derrotou o Action 21 Charleroi em 2002 e em 2003, o Inter venceu o Sporting em 2017 e em 2018 e o Inter derrotou o FC Dynamo em 2006, mas perdeu frente a esse mesmo adversário 12 meses depois.
  • Sergio Lozano, do Barça, pode tornar-se o primeiro jogador a conquistar o título por quatro vezes com o mesmo clube. Dyego espera chegar ao terceiro troféu, isto depois de ter ajudado os catalães a sagrarem-se campeões em 2014 e em 2020.
  • Ortiz, do Barça, também pode conquistar um quarto título (venceu com o Inter em 2009, 2017 e 2018). Ele e Lozano igualariam o recorde de Gabriel, que venceu por duas vezes com o Inter e outras duas ao serviço do Barça.
  • Esta final coloca frente-a-frente os dois treinadores com mais jogos nesta competição. Após as meias-finais, Jesús Velasco, do Barça, soma 57, enquanto Nuno Dias, do Sporting, foi o primeiro a chegar aos 50 com um único clube.
  • Nuno Dias vai orientar o seu 13º jogo em fases finais naquela que é a sua sexta fase final, ambos recordes absolutos.
  • O capitão do Sporting, João Matos, vai disputar o seu 17º jogo em fases finais; chegar a 16 fez dele o detentor do recorde absoluto.
  • Do lado do Sporting, Guitta, Erick, João Matos, Alex Merlim, Pauleta, Zicky, Tomás Paçó, Diego Cavinato e o guarda-redes suplente Bernardo Paçó permanecem dos 14 que participaram na final de 2021 contra o Barça, em Zadar. Guitta, Erick, Merlim, Cavinato e João Matos também estiveram envolvidos na vitória na final de 2019 contra o Kairat em Almaty, assim como Cardinal, que perdeu o torneio do ano passado devido a lesão. Pany, suspenso para domingo, também fez parte de ambas as conquistas.
  • Cavinato, do Sporting, marcou o seu décimo golo da campanha na sexta-feira, ficando a apenas um de distância do líder da presente edição da prova, Mirko Marinković, do Diamant Linz.
  • O golo de Ferrão contra o Benfica elevou para dez o seu total em fases finais de futsal de clubes da UEFA, igualando o recorde detido pelo colega de equipa no Barça, Esquerdinha, que se encontra lesionado.