Barça e Múrcia na final da Futsal Champions League

A primeira final espanhola ficou definida após o anfitrião Barcelona ultrapassar o KPRF nos penáltis e o Múrcia derrotar o Tyumen.

O troféu que Barça e Múrcia vão discutir Photo by David Ramos - UEFA/UEFA via Getty Images)
O troféu que Barça e Múrcia vão discutir Photo by David Ramos - UEFA/UEFA via Getty Images) UEFA via Getty Images

O anfitrião Barcelona vai defrontar o Múrcia na primeira final espanhola da UEFA Futsal Champions League, no domingo, após ambas terem ultrapassado adversários russos na sexta-feira no Palau Blaugrana.

O Múrcia derrotou o Tyumen por 2-1 e o Barça bateu o KPRF no desempate por penáltis, o que significa que as duas equipas da Rússia irão lutar pelo bronze também no domingo. A fase final estava originalmente marcada para Minsk, em Abril de 2020, mas foi adiada devido à crise da COVID-19 e transferida para Barcelona. Os jogos são disputados à porta fechada.

Fase final de 2020: Palau Blaugrana, Barcelona

DOMINGO

Final
Barcelona - Múrcia: 19h00

  • Primeira final 100 por cento espanhola em 19 anos de história da competição
  • Uma equipa espanhola vai garantir o troféu pela décima vez. Houve equipas espanholas em 15 das 19 finais
  • O vencedor vai juntar-se ao campeão espanhol (e cinco vezes campeão europeu de futsal) Inter FS como representantes de Espanha na próxima edição da prova. Isso significa que o Valdepeñas, vice-campeão espanhol, ficará de fora.

Frente a frente

  • O Barça venceu os três jogos que as equipas dispuaram entre sim em 2019/20: 4-3 na SuperTaça Espanhola, 2-1 na Liga espanhola e 3-2 na Taça de Espanha.
  • O Barça derrotou o Múrcia por 3-2, à melhor de cinco, na final da Liga espanhola 2018/19.

Conheça melhor os finalistas

Barça bate Inter e conquista bronze em 2019
Barça bate Inter e conquista bronze em 2019

Barcelona (ESP, anfitrião)

Melhor desempenho: vencedor (2012, 2014)
Presenças na fase final: 2012 - vencedor (anfitrião), 2013 - terceiro lugar, 2014 - vencedor, 2015 - segundo lugar, 2018 - terceiro lugar, 2019 - terceiro lugar
Melhores marcadores: Mario Rivillos, Daniel Shiraishi 5

  • Foi anfitrião da fase final em Lleida em 2012, quando venceu a competição logo na estreia.
  • Espera tornar-se na segunda equipa a ganhar três vezes a competição depois do rival espanhol do Inter FS (campeão em cinco ocasiões).
  • Sergio Lozano fez parte das equipas do Barça vitoriosas em 2012 e 2014, tendo tido a companhia de Aicardo no último desses anos. Daniel Shiraishi (2017 e 2018) venceu pelo Inter, Marcênio ganhou em 2016 ao serviço do Ugra Yugorsk, enquanto Juanjo chegou à final pelo Murcia em 2008. Ferrao jogou no Tyumen e Esquerdinha chegou à Europa através do Murcia em 2006 , mas lesionaram-se com gravidade na época passada, o que levou à contratação de Ximbinha em Janeiro.
  • Roger, Juanjo, Mario Rivillos, Arthur e Boyis deixaram o clube no final de Junho quando terminaram os respectivos contratos.
  • Foi eliminado nos quartos-de-final do "play-off" do título da Liga espanhola, em Junho, por isso tem de vencer esta fase final se quiser voltar a jogar na Europa na próxima época.

Murcia FS (ESP)

Melhor desempenho: segundo lugar (2008)
Presenças na fase final: 2007 - terceiro lugar (anfitrião), 2008 - segundo lugar
Melhor marcador: Felipe Paradynski 7

  • De volta à Europa pela primeira vez desde 2012/13; a sua derradeira presença numa fase final aconteceu em 2008 frente ao Sinara Ekaterinburg, em Moscovo, quando perdeu o encontro decisivo no desempate por grandes penalidades.
  • Leo Santana venceu a competição em 2013 pelo Kairat, pelo qual arrecadou também a medalha de bronze em 2011; terminou na mesma posição em 2018 e 2019 ao serviço do Barça (clube pelo qual Marc Tolrá venceu o bronze em 2013).
  • Contratou recentemente o pivô brasileiro Rafa Santos e o capitão da selecção do Paraguai, Cholo Salas mas Álex Yepes, na equipa desde 2011, deixou o clube.
  • O treinador Diego Giustozzi guiou a Argentina ao triunfo no Campeonato do Mundo de Futsal da FIFA em 2016.
  • Foi eliminado nos quartos-de-final do "play-off" do título da Liga espanhola, em Junho, por isso tem de vencer esta fase final se quiser voltar a jogar na Europa na próxima época.

Jogo de atribuição do terceiro lugar
KPRF - Tyumen: 15h00

  • Ambas as equipas fazem a sua estreia na Europa.
  • O KPRF venceu o "play-off" da Liga russa de futsal em Agosto para garantir uma vaga na próxima edição da prova ao lado do Ugra Yugorsk.
  • O KPRF bateu o Tyumen cinco vezes na última época: duas vezes em Dezembro e dpois nos três jogos dos "play-offs" da Liga russa de futsal, em Agosto (3-2 e 3-1 em casa, 5-4 nos penalties fora depois de um empate 4-4).

SEXTA-FEIRA

Meias-finais

Resumo da meia-final da Futsal Champions League: Múrcia 2-1 Tyumen
Resumo da meia-final da Futsal Champions League: Múrcia 2-1 Tyumen

Múrcia 2-1 Tyumen

  • Alberto García marcou o golo da vitória do Múrcia após o capitão do Tyumen, Sergei Abramovich, ter anulado a vantagem dada pelo tento inicial de Rafa na primeira parte.
  • O Múrcia está pela segunda vez na final depois de ter perdido a primeira, em 2008, frente ao Sinara Ekaterinburg, em Moscovo.

Barcelona 3-3 KPRF (ap, 5-4 nos penáltis)

  • O Barça esteve a ganhar por 2-0 no tempo regulamentar e por 3-2 no prolongamento, mas o KPRF recuperou as desvantagens em ambas as ocasiões; Nando fez o 3-3 de penálti a 11 segundos do fim.
  • Lin desperdiçou a sua tentativa no desempate frente ao seu antigo clube e do outro lado o capitão Sergio Lozano converteu o penálti da vitória.
  • Esquerdinha, do Barça, ao fazer o 3-2, tornou-se no primeiro jogador a marcar em dez fases finais desta competição.
  • O Barça procura o seu terceiro título, o que o colocaria no segundo lugar atrás do Inter, e vai disputar a final pela quarta vez.