O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Adeptos embalam Benfica

André Lima perdeu a final da Taça UEFA de Futsal de 2004 como jogador do Benfica e, seis anos depois, com o apoio dos adeptos do clube, ambiciona conquistar o troféu, conforme confessa ao UEFA.com.

O Benfica pretende fazer melhor do que em 2004
O Benfica pretende fazer melhor do que em 2004 ©Sergii Lysenchuk

Há seis anos, André Lima fez parte da equipa do Benfica que perdeu a final da Taça UEFA de Futsal disputada a duas mãos com o Interviú Madrid. Agora como treinador do Benfica, que na sexta-feira, recebe a nova "final four" no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e defronta o Luparense C/5 nas meias-finais, André Lima pode ter uma boa oportunidade para se desforrar do Interviú. Embora não considere o Benfica favorito, acredita que os adeptos "encarnados" podem fazer a diferença.

UEFA.com: O Benfica defronta o Luparense nas meias-finais. O que conhece deste adversário?

André Lima: Conhecemos muito bem o Luparense. É uma boa equipa e prevejo um jogo muito interessante, uma vez que eles também tentarão saber tudo a nosso respeito.

UEFA.com: Crê que o Benfica é favorito devido à vantagem de jogar em casa?

André Lima: Somos uma equipa confiante e estamos cientes das nossas capacidades. Contudo, não nos considero favoritos à vitória na prova, mesmo sabendo que jogar em casa é importante para nós. O apoio dos nossos adeptos (que estão sempre connosco) poderá fazer a diferença em determinados momentos. Todavia, acho que o Interviú continua a ser o grande favorito, por razões óbvias.

UEFA.com: Quais são os pontos fortes do Interviú?

André Lima: Não nos podemos esquecer que são os campeões europeus e que pretendem defender o título. A sua maior arma é o facto de estarem habituados a estas grandes competições, para já não falar na qualidade dos seus jogadores.

UEFA.com: O que precisa o Benfica de fazer para vencer esta prova?

André Lima: Temos qualidade e sabemos que os nossos adversários nos respeitam, mas, honestamente, temos tido azar nas últimas fases finais. Em determinadas alturas do jogo, a bola vai ao poste e entra e, na baliza adversária, a bola vai ao poste e não entra.

UEFA.com: Participou numa final como jogador. Sonha com outra presença, agora como treinador?

André Lima: Acredito que tudo o que consegui enquanto jogador deste grande clube vencerei enquanto treinador. Vencer a Taça UEFA de Futsal é uma ambição legítima para o Benfica, jogadores, equipa técnica e dirigentes, que asseguram as melhores condições possíveis para que o clube ganhe títulos.