O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Benfica testa Interviú em duelo ibérico

A formação de Madrid procura tornar-se a única equipa vencedora da Taça UEFA de Futsal por três vezes, mas terá de suplantar no Grupo D da Ronda de Elite o Benfica, adversário bem conhecido dos espanhóis.

O Benfica vai tentar bater o Interviú no duelo ibérico
O Benfica vai tentar bater o Interviú no duelo ibérico ©Sergii Lysenchuk

O Interviú Madrid procura tornar-se na única equipa vencedora da Taça UEFA Futsal por três vezes, mas terá de suplantar um adversário bem conhecido no Grupo D da Ronda de Elite.

Autêntica final
Esta "poule", organizada pelo Benfica no Complexo Desportivo da Luz, contará com o mesmo Interviú que se sagrou campeão europeu em 2004 nesse local, quando ainda se designava Boomerang Interviú, após uma final jogada a duas mãos. Mais tarde, em 2006, numa eliminatória a duas mãos, os espanhóis venceram o Benfica por 4-2 na caminhada para nova conquista do troféu. Agora, as duas equipas voltam a encontrar-se no domingo, no fecho do agrupamento, onde apenas o primeiro classificado ganha acesso à "final four" e que inclui ainda os sérvios do KMF Ekonomac Kragujevac e os israelitas do Hapoel Ironi Rishon Lezion.

Desafios
Juan Luis Alonso, técnico do Interviú desde o último Verão, substituiu Jesús Candelas, que tinha levado o conjunto aos triunfos em 2004 e 2006, e mostrou-se cauteloso: "Começamos ante o Ekonomac, campeão da Sérvia, que é bastante competitivo, tal como todas as equipas daquele país. Poderá causar uma surpresa", afirmou. "Talvez os israelitas sejam os mais fracos, mas não podemos baixar a guarda. Nesta competição, todos os erros se pagam caro".

Objectivos
A equipa orientada por Alonso lidera o campeonato de Espanha, tendo preparado o torneio com a participação, na terça-feira, num jogo de solidariedade diante de uma equipa de estrelas liderada por Zinédine Zidane. "Como líderes do nosso campeonato, estamos confiantes [para o encontro ante o Benfica]", revelou Alonso. "Se jogarmos ao nosso melhor nível podemos vencer o Benfica. Vencer o título europeu é extremamente importante, não só pelo título, mas também por nos garantir a presença na prova no ano seguinte e por discutirmos o título intercontinental [que o Interviú conquistou nos últimos quatro anos]".

Benfica acredita
O Benfica, que procura ainda igualar a caminhada até à final conseguida em 2004, permanece imbatível após cinco jogos na Liga portuguesa, tendo empatado (1-1) apenas o derby ante o Sporting. O treinador André Lima defrontou o Interviú enquanto jogador e acredita que o jogo frente aos "leões" tratou-se de um "excelente teste para a Ronda de Elite. Foi uma oportunidade de testarmos os nossos jogadores, pois o Sporting tem uma excelente equipa, similar aos adversários que vamos encontrar na Ronda de Elite".

Prolongar o sonho
Por seu lado, o Ekonomac estreou-se na competição na etapa anterior, somando sete pontos em três jogos, e espera igualar os prometedores desempenhos dos compatriotas KMF Marbo Beograd nos anos mais recentes. Lidera o campeonato sérvio, enquanto o Hapoel ainda não começou a época em Israel. Imbatível na ronda anterior, tendo mesmo garantido um empate a duas bolas ante o FK Era-Pack Chrudim, o Hapoel espera confirmar as credenciais reveladas na época passada no ano de estreia europeia, quando perdeu os três jogos mas deu muita luta. O capitão Yair Almekias disse: "Alcançar esta fase pela segunda época consecutiva constitui um feito. Temos um coração enorme e vamos dar o nosso melhor". O guarda-redes Yariv Shavit acrescentou: "Jogar diante de 3,000 pessoas com uma atmosfera fantástica é o que faz deste torneio tão especial. É um sonho que queremos rentabilizar o mais possível".