Sporting vence na Ucrânia com golos perto do fim

Fredy Montero e Jovane Cabral saltaram do banco para marcarem perto do fim os golos que permitiram ao Sporting virar o resultado e vencer o Vorskla.

A perder desde os dez minutos em Poltava, o Sporting deu a volta e bateu o Vorskla, por 2-1, graças a golos dos suplentes Fredy Montero e Jovane Cabral aos 90 e 90+3 minutos. O resultado permitiu à equipa de José Peseiro somar a segunda vitória em dois jogos e juntar-se ao Arsenal no topo do Grupo E da UEFA Europa League.

A turma de José Peseiro até entrou bem no encontro e Diaby, umas das várias novidades do "onze" dos "leões", após passe de Bruno Fernandes, teve uma boa oportunidade para abrir bem cedo o marcador. Mas foi o Vorskla quem marcou, à passagem do minuto 10. André Pinto não conseguiu afastar convenientemente a bola da sua grande área e esta chegou a Kulach que, com um excelente remate em arco, de pé esquerdo, não deu hipóteses de defesa a Salin.

A reacção do Sporting tardou, e só perto do intervalo ameaçou o empate, com a bola a cair nos pés de Nani que, já na pequena área, permitiu a defesa do guarda-redes contrário. Porém, na segunda parte José Peseiro lançou alguns habituais titulares que tinham começado no banco, casos de Montero e Raphinha, e começou a criar mais situações de perigo.

O colombiano deixou um primeiro aviso num espectacular pontapé de bicicleta defendido com dificuldade pelo guardião da casa e marcou mesmo em cima do minuto 90, com um remate colocado de pé esquerdo depois de trabalhar bem na grande área ucraniana. Os anfitriões acusaram o golo e, em contra-ataque, no terceiro minuto do tempo de compensação, outro homem vindo do banco, Jovane Cabral, aproveitou uma recarga para oferecer ao Sporting mais uma vitória no Grupo E.

FIGURA: Fredy Montero

O avançado colombiano não foi, esta noite, titular, mas acabou por ser decisivo ao saltar do banco, mostrando toda a sua qualidade técnica, primeiro num fantático pontapé de bicicleta que quase deu golo e marcando mesmo, depois, o golo que abriu caminho à reviravolta.

MOMENTO: Minuto 90

Já poucos acreditavam que o Sporting podia evitar a derrota na Ucrânica quando Montero, dentro da grande área da turma da casa, trabalhou bem sobre um adversário e ganhou espaço para um excelente remate colocado de pé esquerdo. Um belo golo que lançou os "leões" para a cambalhota no marcador

Topo